Os Infiltrados (The Departed)

Quem estaria enganando quem?

Uma guerrilha entre policiais e traficantes, mas a selva aqui é na cidade de Boston. Como vale tudo nesse tipo de guerra, cada lado escolhe um para se infiltrar no campo do opositor. Além de lhes cobrar relátórios do adversário, lhes deixam pouca retaguarda. Os escolhidos, são Billy Costigan (Leonardo DiCaprio) e Colin Sullivan (Matt Damon). Com a responsabilidades pesando em seus ombros, ciente que estão sozinhos nessa, com o risco de serem descobertos, da morte está sempre por perto, ambos fazem um pequeno balanço de suas vidas.

O DiCaprio cresce nesse filme. Teria sido lapidado pos Scorsese? Ele, ator, está mais seguro, logo o personagem flui melhor. Gostei muito! Agora, quanto ao Matt Damon, achei atuação mediana, mas com alguns picos.

Na quadrilha de traficantes há um único Chefão, Frank Costello (Jack Nicholson). É muito bom vê-lo descaracterizado do “Curingão”, com esse vilão. Pois há personagem que marcam um ator. Esse, para mim, pertence a Jack Nicholson. Agora, estou curiosa para ver o “Curinga” pelo ator Heath Ledger.

No lado dos Tiras… destacam-se: Martin Sheen – Queenan (Bom vê-lo num filme desse naipe. Brilhante, em “Apocalypse Now”!). Alec Baldwin – Ellerby (Atentem para uma cena dele com o Matt Damon, onde dá uns “conselhos” e sendo oposto ao que numa outra o Nicholson diz. Nos leva rir. E pela fala do vilão. Sobre as ex-mulheres. Até lembrei que as “ex” aqui no Brasil, “falam”. (Ex: a ex do Pitta.).

E Mark Wahlberg – Dignam, foi brilhante! Agora, achei que o roteiro forçou um pouco a barra naquele “sumiço” dele. Sem tirar a surpresa para quem ainda não assistiu o filme, e falando para quem assistiu: Fizeram dele um policial “desnorteado”??? Ah! Estou só divagando. Gostei também daqueles sapatinhos branco que o Mark Wahlberg usou naquela cena. Tinha um quê de um ato cirúrgico. Porém lembrando que trata-se de uma refilmagem de “Conflitos Internos” (Infernal Affairs), cujo cenário era a cidade de Hong Kong, ficou um bela homenagem.

Enfim, “os que partiram” contaram, e bem, a história. Ótimo filme! Nota: 10.

Por: Valéria Miguez.

Os Infiltrados (The Departed). 2006. EUA. Direção: Martin Scorsese. Elenco: Leonardo DiCaprio, Matt Damon, Jack Nicholson, Mark Wahlberg, Martin Sheen, Ray Winstone, Vera Farmiga, Anthony Anderson, Alec Baldwin, Kevin Corrigan, James Badge Dale, David O’Hara, Mark Rolston, Robert Wahlberg, Kristen Dalton. Gênero: Ação, Policial. Duração: 152 minutos. Oscar 2007 de Melhor Filme. Scorsese, enfim levou o seu Oscar de Melhor Diretor.

About these ads

2 comentários em “Os Infiltrados (The Departed)

  1. Mais um filme que tive a vontade de rever com aquele olhar mais crítico. Excelente! A começar pela escolha do elenco!
    Difícil lembrar de um filme com tantos bons atores reunidos: Damon, DiCaprio, Wahlberg, Martin Sheen, Alec Baldwin e…Nicholson! UAU!
    Mas só isso não faz um filme ser bom, sabemos disso. Quem é o diretor? Scorsese…Quê?? Sério??
    Bom, aí já começa ficar difícil acreditar que o filme não será bom!
    Uma trama muito bem armada, não só pelos papéis de infiltrados, mas pela parte psicológica de ambos…”O que estou fazendo com minha vida? É isso mesmo que desejo? Quero continuar com isso?”
    Concordo com Lella, DiCaprio cresce no filme e se sobressai em relação a Damon, mas acredito que a razão seja muito mais a superioridade, a força do personagem Costigan em relação ao menino Sullivan, aflito desde o momento em que é atraído por Frank (Nicholson) na mercearia do começo do filme. Costigan vem de uma família sofrida, querendo crescer na vida.
    Baldwin, Wahlberg e Sheen tiveram papéis que talvez não correspondam à altura dos atores que são, mas executaram com perfeição o que Scorsese planejou para cada um deles. Nos passam aquela impressão de “conheço esse cara” durante o filme todo, como se fosse um “All Star Game” dos filmes, com os melhores no melhor filme! rs
    Paro por aqui para não criar spoilers, mas recomendo a quem gosta deste tipo de filme: imperdível.
    A quem não é muito fã, recomendo que tenha a curiosidade de ver e acho que este filme poderá mudar suas impressões sobre o estilo.
    Nota 8.

    Curtir

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s