Eu Odeio o Dia dos Namorados (I Hate Valentine’s Day. 2009)

eu-odeio-o-dia-dos-namoradosEu gosto de Comédia Romântica. Dai, encaro sem susto cada uma que aparece. Se for boa, já será lucro. Mas quem não gosta desse gênero de filme, melhor passar longe dessa aqui. Para quem curte, e não tenha outra opção mesmo, verá com essa algo… diria meio surreal. Já conto o que é.

Muito embora o que me atraiu mesmo para assistir esse filme foi o título: ‘Eu Odeio o Dia dos Namorados‘.

Começa o filme, e eu quase abandono. Ao ver a protagonista em cena, cheguei a exclamar: ‘Mas o que é isso? Temos uma Barbie Balzacquiana aqui? Como alguém pode atuar tão mal assim?‘. Mesmo sendo ela a Diretora e Roteirista… Faltou bom senso.

I Hate Valentine's DayResolvi relaxar, e ver no que daria aquilo. Até para escrever depois. E o ator que faria par com ela, é bonito; se bem que em certos momentos me fazia lembrar da cara de panaca do Arnold Schwarzenegger. Ele nesse filme, ficou perdidaço. Aliás, estavam quase todos plásticos demais. Como falei no início, a sensação era de estar assistindo algo surreal. Pareciam saídos dos anúncios de revistas antigas. O que me levou a rir.

A história do filme vai das vésperas de um Dia dos Namorados a outro. No início, a figuraça Genevieve (Nia Vardalos) adora essa data. Por ser o dia em que mais fatura na sua loja de flores. Confiante, porque os homens deixam para a última hora comprar um mimo para a amada.

Mas ela mesmo não tem namorado. Optou por só ter relacionamentos que não ultrapassem cinco encontros. Que depois é ela quem termina a relação. Acredita que encontrou a chave da felicidade. E para ter certeza disso, se cerca de pessoas infelizes no amor. Que viram um prato cheio para ela: os ter na dependência de seus conselhos.

Até que surge o Greg (John Corbett). Um cara que sempre buscou por romances duradouros, mas não obtinha sucesso. Assim, se era infeliz no Amor, iria tentar ter sorte nos negócios. Resolve abrir um restaurante espanhol num ponto onde outros fracassaram. E aceita ter os cinco encontros com Genevieve. Até para aprender com ela a agir assim dali pra frente.

A mestre acaba ensinando tudo. E ai… cai no vazio. Ou melhor, vê que toda a sua vida era de aparentar felicidade. Bem, o motivo que a levou a agir assim, ficou forçado demais para alguém da idade dela. Se ainda fosse uma adolescente, seria plausível. No caso dela, indicaria um divã, e há tempo.

Com o final… valeu ter assistido até o final, só o fato do Greg me emocionar ai. Sou uma romântica incurável. Foi lindo o que ele fez! Mas deixem passar na tv, para ver esse filme. Não percam dinheiro com ele não.

Por: Valéria Miguez (LELLA).

Eu Odeio o Dia dos Namorados (I Hate Valentine’s Day). 2009. EUA. Direção e Roteiro: Nia Vardalos. +Elenco. Gênero: Comédia, Romance. Duração: 89 minutos.

About these ads

2 comentários em “Eu Odeio o Dia dos Namorados (I Hate Valentine’s Day. 2009)

  1. Oxe, você disse, no meu blog, que não recomendava o filme, mas eu leio seu post e você até que se entusiasmou com a obra…

    Eu adoro o gênero de comédia romântica e assisto a tudo no gênero, mas esse aí, eu vou deixar pra quando passar na TV mesmo…

    Curtir

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s