Adeus, Lênin! (Good Bye, Lenin!. 2003)

daniel_bruhl5.jpg

Fazer do agora, uma vida melhor!

Passados 18 anos da Queda do Muro, Berlim. Um marco simbólico na reunificação das duas Alemanhas. Embora, ainda existindo diferenças entre elas… Trago como um convite que assistam “Adeus, Lênin!“, de  Wolfganger Becker, que também assina o Roteiro.

Aos que ainda não assistiram, mas mais em especial a essa moçada que pela idade não visualizaram o que de fato foi a Queda do Muro de Berlim. Creiam! Não terão uma aula de História cansativa. E sim um ode do que isso representou para um jovem. Deem um tempo as superproduções com mega efeitos especiais. Deem a si esse tempo e conheçam um pouco da História real contada por esse jovem, o Alex (Daniel Brühl).

Alex queria sua família perto de si, como também em ser um cosmonauta. Esse era seu sonho, ainda menino. Mas quis o destino deixar que um membro dessa família feliz escapasse para o outro lado do Muro. Um outro mundo, desconhecido, mas que visto do espaço seria único; sem fronteiras

E o sonhou acabou? Parte dele sim. Por um Muro intransponível demais. Mas se a vida o levou a tomar um outro rumo… Seus ideais teriam que se adequar. Mais até! A razão não poderia sobrepujar a emoção. E o menino foi crescendo… Todo o carinho que poderia ter sido dividido… Vai para a sua mãe. Alguém que sente também aquela perda. Decidindo então abraçar o Socialismo…

Por mais um acidente de percurso, sua mãe em coma não vê a Queda do Muro. Ao acordar, e para que não sofresse um grande choque, Alex decide que tudo continuaria igual. Que ainda existiria as duas Alemanhas.

Nossa! Alex então nos brinda com todo aquele esforço, com todo o seu carinho por sua mãe. De cá ficamos juntos com ele nessa aventura em dar a entender que o Socialismo não acabara. Muito embora ele admitia que o que estava fazendo era como ele queria que de fato fosse o Socialismo e não o que era imposto antes da queda do muro. Esse:

O socialismo significa chegar aos outros, e viver com os outros. Não apenas para sonhar com um mundo melhor, mas tornar este mundo um lugar melhor.

Numa comunidade no Orkut abri um fórum para os merchandising nos filmes que ficaram retidos na memória. Nesse, com certeza é uma faixa da Coca-cola. Que quase põe a perder todo o trabalho de Alex.

Por tudo isso, e muito mais, “Adeus, Lênin” é pura emoção!

Por: Valéria Miguez (LELLA).

Anúncios

10 comentários em “Adeus, Lênin! (Good Bye, Lenin!. 2003)

  1. Este é um dos meus filmeritos e achei excelente a sua ótica sobre ele. São várias as cenas deste filme que para mim são antológicas: a da Coca Cola como disse, a do estátua de Lênin quebrada passando na frente da mãe de Alex com o dedo apontado, todo o percurso que ela faz redescobrindo o mundo… É um filme para ver e rever.

    Curtir

  2. De fato, “Adeus, Lenin!” é imperdível.

    Apresentando pela grande imprensa como uma crítica ao comunismo e uma sátira ao fim das ideologias, o filme, na verdade, é uma impressionante crítica ao estalinismo e à reconstrução do capitalismo na ex-Alemanha Oriental.

    Nessa recriação do “socialismo real”, com extremo bom humor, o diretor cria situações hilárias, particularmente através dos programas e noticiários que o Alex cria com a ajuda do amigo cineasta.

    A situação absurda de Adeus, serve para expor o não menos absurdo mundo dirigido pela burocracia estalinista: o racionamento permanente, a falsificação da história, a censura, a falta de liberdades democráticas, etc.

    Mas não só isso. O diretor também desmascara as mazelas impostas pela reintrodução do capitalismo na Alemanha Oriental: a filha universitária torna-se atendente de um fast-food, o desemprego cresce, a assistência social desaparece e ex-burocratas tornam-se corruptos capitalistas.

    Longe de ser uma contundente defesa do socialismo (há uma certa tendência anarquista), o filme é um empolgante ataque àquilo que a burocracia e o capitalismo têm de pior.

    Adriano Espíndola,

    Curtir

  3. Oi Adriano,

    muito boa a sua análise! Grata por nos brindar com ela!

    E fica aqui um convite para se quiser compartilhar suas análises de filmes. É só enviar. Inclusive até as fotos.

    Beijo grande,

    Curtir

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s