Onde os Fracos Não Têm Vez (No Country For Old Man. 2007)

no-country-for-old-men.jpg

No Brasil esse filme ganhou o título de: “Onde os Fracos Não Têm Vez“. O que pode gerar falsas expectativas. A trama central não fala de um homem fraco. E sim traz um Xerife que ainda não se acostumou com os novos tipos de violência. Um Xerife que sente saudades dos antigos vilões. Que tenta se habituar. Mas…

Em meio a uma campina um homem observa um bando de cervos com seu rifle. Mira e erra o alvo. Então segue adiante. No caminho, caminhonetes, corpos e uma carga de drogas. Algo não deu certo também ali. Mais adiante uma valise com muitos pacotes de dólares. Pega a grana indo embora. Ele é Llewelyn Moss (Josh Brolin), ex-veterano de guerra. Já pensando de que alguém irá reclamar por toda aquela grana, manda a mulher ir para a casa da mãe, já que ele vai sumir um pouco de circulação. Levando o dinheiro junto.

Ainda no início do filme… Primeiro em off temos o tal Xerife. Meio desiludido com os novos rumos de todo aquele lugar. Da chegada de uma violência muito mais… muito mais cruel. Com as drogas como uma mercadoria valiosa. Anos 80. Ele é Ed Tom Bell (Tommy Lee Jones). Sente que está ultrapassado. Às vésperas de se aposentar tem mais essa missão a cumprir. E sem saber que essa carnificina só estava começando.

Depois temos aquele que irá atrás do dinheiro. Um psicopata que curte usar uma arma nada convencional. Que diferente de Moss, não erra uma. Ele é Anton Chigurh (Javier Bardem). Alguém que nem sente dor. Frio, até nisso.

Nessa caçada para lá de sanguinolenta, segue o filme. Agora, primeiro confessando que senti a falta de música. Para mim, desperdiçaram aquele cenário lindo de velho-oeste. E depois que tive que fazer força para não rir com aquele cabelinho do Javier Bardem por me fazer lembrar do Beiçola, da “Grande Família”. Como também na cena, a da moedinha com o dono da lojinha de estrada. Um trejeito do personagem do Javier me fez lembrar de outro personagem. Sendo que esse de um filme, “Clerks 2”. O mesmo trejeito que também o fazia o novo atendente. Sendo assim, até nessa cena o vilão do Javier Bardem me fez foi rir.

Ah sim! Gostei dos prêmios, 4 Oscar, aos Irmãos Coen! Fica como um prêmio dado pelo conjunto da obra aos dois. No mais, é um bom filme. Nota: 08.

Por: Valéria Miguez (LELLA).

Onde os Fracos não têm vez (No country for old man). 2007. EUA. Direção: Joel Coen e Ethan Coen. Com: Tommy Lee Jones, Javier Bardem, Josh Brolin, Woody Harrelson, Kelly Macdonald, Garret Dillahunt. Gênero: Suspense. Duração: 122 minutos. Classificação: 16 anos. Produção: Joel Coen e Ethan Coen.

Anúncios

3 comentários em “Onde os Fracos Não Têm Vez (No Country For Old Man. 2007)

  1. É um excelente filme sim, mas você também tem um olhar muito bom para os filmes. Concordo quanto ao erro na tradução do título.

    Enfim… continuo apoiando que escrevas um livro com resenhas, críticas e comentários ao filme…

    Beijos, Val…

    Curtido por 1 pessoa

  2. Dan!

    Alguns filmes motivam mais do que outros. E reparou que escolhi uma foto que não mostra aquele cabelinho do personagem do Javier Bardem (rs)

    Grata! Até pela motivação! Quem sabe um dia, deixo a preguiça de lado, e faço isso.

    Beijo grande!

    Curtir

  3. Bom ponto de vista. É certo que os irmãos Coen conseguiram uma adaptação muito fiel, mas com este filme, há um paradoxo na sua construção na relação entre forma e substância que provoca uma aparente parece fita muito simples para o seu enredo, o que não parece silencioso e até mesmo a sua história é um pouco confuso, mas não por isso se torna uma obra-prima que gere a linguagem cinematográfica com perfeição. Além do elenco é de luxo, Tommy Lee Jones, Javier Bardem e Kelly Macdonald, que era digno de prêmio SAG por seu grande desempenho neste filme.

    Curtir

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s