Gosto de Cereja (Ta’m e Ghilass. 1997)

tasteofcherry4.jpg

O filme é lento, logo quem gosta de ação melhor assistir outro. Agora, perderá a chance de conhecer algo inusitado. Ou melhor, algo não tão usual. Refiro-me ao final do filme. A trama quase toda é com o Sr. Badii dirigindo sua caminhonete a procura de alguém que lhe faça um serviço. Agora, mais do que apenas sugerir esse filme, trarei alguns spoilers, mas que não diminuirá a beleza dele.

O tal trabalhinho. Ele quer cometer um suicídio, mas também quer que alguém após verificar que se está mesmo morto, que o cubra com 20 pás de terra. Pois a cova ele já fez perto de uma cerejeira (arbusto). Ele mostra o local. Diz que irá tomar todos os seus comprimidos de dormir e deitar na cova. A pessoa viria pela manhã e após cumprir o acordo partiria com o dinheiro. Sim! Ele está pagando pelo serviço.

Durante essa busca há diálogos um tanto quanto divergentes por conta de sua vontade. Em não aceitar uma omelete porque ovos lhe causam mal-estar, por exemplo. Se ele quer morrer nessa mesma noite por que não saborear a omelete? Por aí. A escolha da pessoa também nos leva a pensar. Pois parece escolher por alguém em especial. E por que? Há tantos desempregados clamando por um trabalho.

Três pessoas aceitam entrar no carro. O primeiro é um jovem soldado. Tímido. Que vai aos poucos respondendo. Mas que deixa transparecer um certo medo. O segundo é um seminarista. Que pelos preceitos de sua religião não concorda com o suicídio. Tenta dissuadí-lo. O terceiro um senhor que também tenta demovê-lo. Contando que um dia saiu de caso disposto a também fazer isso. Após uma tentativas, noite escura sente uma umidade na mão e se delicia com o gosto das amoras. Com isso o dia amanhece e ele volta para casa. De todos é o que mais fala com Badii. Indica até um caminho mais longo. Conta piada. Diz até que para cada estação há uma fruta/sabor própria. Que Badii perderá o prazer de sentir o gosto da cereja. Ele é taxidermista.

Qual deles que pelo dinheiro aceitará o serviço? Vejam o filme.

O porque de querer tanto esse fim para si próprio o filme não mostra abertamente. É preciso observar em certos detalhes durante o desenrolar da história. Tais como: ele diz que traz desgosto para a família e amigos; que a melhor fase da sua vida foi o período no Quartel. Vemos que mora sozinho, e parece sentir o peso. Deixando a impressão do peso de ser homossexual em sua terra.

Paisagens lindas! Enfim um belíssimo filme!

Por: Valéria Miguez (LELLA).

Gosto de Cereja (Ta’m e Ghilass / Taste of Cherry). 1997. Irã. Direção: Abbas Kiarostami. Elenco: Homayon Ershadi (Sr. Badii), Abdolrahman Bagheri (Sr. Bagheri), Afshin Khorshid Bakhtiari (Soldado), Safar Ali Moradi (Soldado), Mir Hossein Noori (Seminarista) . Gênero: Drama. Duração: 95 minutos.

Anúncios

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s