Primavera para Hitler (The Producers. 1968)

Eu costumo dividir o meu tempo para os filmes entre os recentes e os mais antigos. Como também para rever alguns. E esse, “Primavera para Hitler“, entrou nessa. O revi após muitos anos. Daí ficou um gosto de primeira vez. Sei que fizeram uma nova versão, como não a vi não posso opinar. Agora, esse original do Diretor Mel Brooks, eu assino e sacramento: assistam. Ele é ótimo! Uma comédia divertidíssima.

Entrando na história… Max Bialystock (Zero Mostel) é um produtor teatral que caiu no ostracismo. Sendo assim para ainda ir levando a vida namora mulheres idosas a fim de conseguir dinheiro. Acontece que sem ter nenhum talento para as finanças, cada vez se afunda mais. Até que surge um contador, Leo Bloom (Gene Wilder). Que em meio aquela papelada diz que há uma saída para saldar a dívida. Que seria em produzir um fracasso. Pelos tramites das leis uma peça fracassada gera um lucro.

Até aqui parece que não há nada para rir. Mas creiam tanto Max como Leo são hilários. Tanto no encontro dos dois, como também na que o Max tenta convencer o outro para serem sócios, com o sorriso do Max para acalmar o Leo por esse não suportar pressões. O Leo mesmo sendo tão correto vê uma chance de sair do seu próprio ostracismo até por conta de seu temperamento. Vê ali a chance de mostrar o seu talento, mesmo que seja com o numerário. Então acaba topando montarem juntos um musical na Broadway. Para a felicidade do Max. E alegria nossa.

Ainda com o Max destacaria uma cena em mais umas das suas investidas com as senhorinhas, uma só com ele e o som das travas da porta sendo aberta. Eu quase cai da cadeira de tanto rir. Até por me fazer lembrar de algumas que presenciei de fato.

Bem, decisão tomada partem para escolher a pior peça que tem arquivada. Após lerem inúmeros roteiros, veem numa o fracasso. Por enaltecer Hitler. E saem em campo para obterem a autorização para encenarem: Primavera para Hitler.

A cada passo a frente as situações continuam para lá de cômicas. Quer seja no encontro com o autor da peça; quer seja no com o Diretor mais excêntrico que existe; ou até na escolha do elenco; ou quando perguntam o nome do personagem que então será escolhido para fazer o Hitler… Tudo é pura diversão.

Enfim, na estréia do musical… Melhor não tirar-lhes a surpresa. Nem a do final do filme.

Assistam, o filme é bom demais!! Nota: 10.

Por: Valéria Miguez (LELLA).

Primavera para Hitler (The Producers. 1968). EUA. Direção e Roteiro: Mel Brooks. Com: Zero Mostel, Gene Wilder. Gênero: Comédia. Duração: 88 minutos.

Anúncios

3 comentários em “Primavera para Hitler (The Producers. 1968)

  1. oi Leila,obrigada pela dica lá no fórum, mas n encontrei nenhum código dos widgts que eu quero tirar, eles vão me enlouquecer, são 3 que me atrapalham e q eu quero remover, só que o remover fica embaixo de outra folha , eu tiro com o mouse e ele volta,socorro!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  2. Oi Regina!

    O fórum foi no orkut? Eu estive meio off esses dias, que esqueci onde foi. Fui olhar lá, e não identifiquei qual foi o tópico.

    Se foi no orkut, me deixe um scrap. Dai eu vou olhar seu Blog. Eu não entendo quase nada de informática. Mas posso tentar ajudá-la.

    Beijoca,

    Curtir

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s