Conversando com Mamãe (Conversaciones con Mamá. 2004)

Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele que há em sua própria alma. Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave. Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo.” (Hermann Hesse)

Esse filme é de ver com brilhos nos olhos! Daqueles que mostram que não precisa de grandes efeitos especiais, nem cenários paradisíacos para nos encantar. O Cinema Argentino tem nos dado belos presentes. A Todos nós, sensíveis e sem receio em finalizar um capítulo da vida.

Como diz o título, o filme foca um diálogo com a mãe e nesse, dela com um filho homem e já adulto. A princípio parecem falar “línguas diferentes”. E creiam não há nada de entediante nessa conversa. É de acompanhar com emoção e por vezes dando gostosa gargalhada.

Jaime (Eduardo Blanco), pressionado pela esposa que não quer perder o estilo de vida em função dele estar desempregado, procura a mãe para dizer que terá que vender a casa onde ela mora. Surpreende-se até em saber que ela tem um namorado. Pois nos últimos tempos, seus contatos com sua mãe foram por telefonemas. Algo não tão comum de se ver, onde filhos visitam os pais somente em datas especiais. Se realmente há amor, há de se encontrar um tempo para um visita fora do convencional.

Jaime e sua Mamá mais que lavar a roupa suja, fazem um mergulho na alma. Sem rancores, vão se desnudando. Travam diálogos, por vezes intensos, por vezes engraçados até por conta do problema de saúde dela. Mas acima de tudo, a conversa se dá com muito carinho e respeito por ambos.

O diálogo traz trechos como esse quando ela pergunta o que ele se tornou:
_ Sou uma aparência.
_E o que há por detrás dessa aparência?
_ Medo.
Ele quis mudar…

Ah, no finalzinho do filme, uma lágrima teimou em correr pela face. Como na frase que está na capa do dvd: “Que a ternura te toque o coração” nesse bate-papo com a mãe. Nota máxima!

Por: Valéria Miguez.

Conversando com Mamãe (Conversaciones con Mamá). 2004. Argentina. Direção e Roteiro: Santiago Carlos Oves. Elenco: China Zorrilla, Eduardo Blanco, Ulises Dumont, Silvina Bosco. Gênero: Comédia, Drama. Duração: 90 minutos.

Anúncios

5 comentários em “Conversando com Mamãe (Conversaciones con Mamá. 2004)

  1. Pingback: 10 filmes. 10 pequenas ações que farão do seu 2010 um Grande Ano « Blogbier – Bierboxx. Cervejas Especiais.

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s