O Sonho de Cassandra (Cassandra’s Dream. 2007)

Por: Fernando Magalhoeira.

Várias coisas tentaram me induzir a não assistir este filme de jeito nenhum. Pra começar o título nada atrativo remeteu-me a um pensamento de aversão aguda que lembrava mais a sensação infantil de comer ora-pro-nóbis na hora do almoço. Este sim é um título de alimento nada apropriado para uma criança. Como se isso não bastasse, a sinopse que li num site de busca era tão fajuta e descrente que me dei por vencido, decidido a não fazê-lo.

Entre sinopses mal escritas, lembranças nada saborosas e títulos esquisitos, acabei sendo derrotado pela reputação de Wood Allen e os excelentes papéis que Colin Farrell vem fazendo ultimamente no estrelato cinematográfico. – SORTE A MINHA – . Uma surpresa boa foi a conclusão que cheguei após sair da sala de cinema! Deparei-me com exatos 108 minutos de bom filme e pouquíssimas piscadelas de olhos.

O que Wood conseguiu fazer em O Sonho de Cassandra foi nada mais nada menos que impressionar o público a imaginar até onde uma decisão estúpida e ambiciosa pode chegar. No entanto, o que chama mais atenção no filme é observar o fato pela ótica do envolvimento familiar da trama. Pra começar, a proximidade entre os dois irmãos (Colin Farrell e Ewan McGregor) norteia os acontecimentos trazendo a tona uma relação de cumplicidade e afinidade entre eles com o objetivo de apenas se darem bem na vida com ajuda de um tio rico. Apesar da idéia inicial na teoria ser boa, na prática, dependendo da maneira como é aplicada, é possível que todo planejamento outrora feito se transforme em um verdadeiro pesadelo.

O restante da história é fascinante, pra não dizer angustiante, até o final. Esta parte, inclusive, ponto máximo da trama, se difere em grau, gênero e conseqüência de tudo o que se pode imaginar como TRÁGICO numa bela história. Este é o objetivo central de O Sonho de Cassandra: expressar com muita maestria e sensibilidade, o fator trágico dos acontecimentos da vida baseado em escolhas mal feitas… No fundo, a reflexão que fica é o impacto que nossas atitudes e decisões têm na nossa história… Algumas das quais os efeitos podem ser irreversíveis…

Wood Allen pelo jeito é especialista nisso: demonstrar a fragilidade das reações humanas frente às “surpresas” da vida...

O Sonho de Cassandra (Cassandra’s Dream). 2007. EUA. Direção e Roteiro: Woody Allen. Elenco: Ewan McGregor / Colin Farrell / Peter-Hugo Daly / John Benfield /Clare Higgins / Ashley Madekwe / Andrew Howard / Hayley Atwell / Angela Stark / Sally Hawkins / Keith Smee / Terry’s Track Mate / Stephen Noonan / Mel Dan Carter. Gênero: Policial / Drama / Suspense. Classificação etária:14 anos. Tempo de Duração:108 minutos.

Anúncios

17 comentários em “O Sonho de Cassandra (Cassandra’s Dream. 2007)

  1. Buenas Lella!!!!

    É uma honra ter sido o primeiro a abrir esse novo momento de seu blog – análises integradas….rsss
    Fico agradecido mesmo!!

    Tenho certeza que a parceria há de ser muito boa e produtiva, haja vista os títulos excelentes que vc tem postado aqui…. Tenho certeza que seu publico visitante (e agora participante…rs) não deixará a desejar…

    Espero que vc consiga atingir a cada dia a proposta do blog – divulgar otimos filmes e incetivar a galera a assistir coisa com conteudo!!

    Valeu pela oportunidade!!! bjus..

    Curtir

  2. Seja Bem-vindo Parceiro!

    Fernando, começou muito bem aqui no ‘Cinema é a minha praia!”. Amei o texto! Me fez ficar com muita vontade de ver esse filme. Muito mais agora e pelo o que você escreveu.

    Que venha com mais textos!

    Tim-tim!

    Beijo grande,

    Curtir

  3. Uau! O blog está ficando com cara de site de cinema! E pensar que no início seria um local para guardar meus textos. Nem em sonho achei que teria todo esse retorno.

    Foi em fevereiro que eu o deixei só com filmes. Desde então, vocês que continuam me pilhando 😀

    Eu gosto disso. Dessa troca. E estou amando esse novo degrau do blog!

    Nando!!
    É muito bom em tê-lo como parceiro!

    Beijo grande,

    Curtir

  4. Oi Mateus!

    Grata, também por compartilhar suas impressões!

    Sobre o Woody Allen… Um cara que já está a tanto tempo na estrada… até tem esse direito em altos e baixos. Mas de minha parte, a menos que o Diretor diga que um filme é uma seqüência de outro, eu faço uma comparação. Do contrário, fico em cima do filme, e não de toda a obra desse Diretor. Fazem isso, e muito, com filmes de Almodóvar.

    Vi seu Blog, também é legal!
    Volte mais vezes!

    Beijo grande,

    Curtir

  5. Oi Lella! parabéns pelo blog (q ainda nao terminei de ver completo). Concordo com a crítica do Cassandra´s Dream feita por Fernando. Gostei muito do filme, está presente nele essa coisa de “atravessar a linha” (será assim q se fala em português?), o famoso ” point of no return”. O q é q acontece quando passamos certos limites?.
    Eu nunca vou ver (ou deixo de ver) um filme ou qualquer coisa baseando-me na crítica feita na mídia e menos ainda o filme vem com o “aval” dos Oscar.

    Beijo, abraço e muita pipoca!

    Curtir

  6. Laura!!!

    Que gostoso te ver por aqui!! Reforçando o convite pelo msn. O de publicar aqui críticas suas. O Fernando já topou. Espero que também aceite o convite.

    E vou ou por sugestões de amigos, ou por ter gostado da sinopse. Como também por ter lido algo que me deixou motivada.

    Beijo grande,

    Curtir

  7. Puxa vida Mateus… nao sei se deveria concordar ttaanntto contigo… ja vi alguns filmes de Wood, e por incrivel que pareça, achei Cassandra um dos melhores…
    Se bem que um classico dele – Mach Point – eu ainda nao assisti… ja ouvi falar que é excelente….
    depois que assisti-lo ate volto aqui pra tentar fazer a comparação…

    No mais eu concordo com a Laura – ja parou pra pensar quantas vezes deixamos de assistir filmes excelentes por causa da impressão avacalhada de criticos incompetentes??… Pior ainda é quando o caboclo faz uma otima critica e depois tomamos ciencia da que é um péssimo filme…rsss…

    Bom finds a todos!!

    Curtir

  8. Oi Sarah,

    eu ainda não vi. Já está listado.

    Viu a novidade no ‘Cinema é a minha a praia!‘? Em ter convidados trazendo suas críticas 🙂 O Fernando, com esse texto, iniciou.

    Deixo um Convite a ti, caso queira trazer uma das suas para compor o acervo do Blog.

    Sabadão lindo pra ti!
    Beijão,

    Curtir

  9. Curiosidade: Cassandra era filha de Príamo, Rei de Tróia, e irmã de Páris, o Príncipe troiano que seqüestrou a bela Helena.

    Cassandra foi ao mesmo tempo abençoada e amaldiçoada com o dom da profecia: ela recebeu a dádiva de prever o futuro e também o fardo de ninguém acreditar em seus vaticínios, tornando-a aos olhos da maioria uma desequilibrada imersa em sonhos de grandeza e caos.

    (Fonte: Roberto Souza – Filmes Clássicos & Eternos, no Orkut).

    Curtir

  10. Val, pergunte ao seu amigo Magalhoeira qual é a metáfora contida no título O Sonho de Cassandra. Por que Cassandra?

    Para Woody Allen, tudo é muito bem pensado: (Game over) e PONTO FINAL; Desconstruindo Harry “Block” (que significa bloqueio); A rosa púrpura do Cairo (poderia ser de outra cor; poderia ser de outro lugar) e por aí vai…

    Sonho é algo que se almeja, se deseja, que se quer realizar. E Cassandra? Algum significado ou alguma mensagem cifrada?

    Alguém arrisca?

    Curtir

  11. Eunice!!

    Que maravilha vê-la por aqui!!

    Ainda estou de dedos cruzados para que aceite o convite 🙂

    E também estou curiosa para saber o porque do título. Se é mencionado no filme…

    Beijão,

    Curtir

  12. É isso ai Rozzi… agora a Eunice ja tem a resposta dela…

    A ideia do Barco foi o início da queda…não bastasse ser um barco caro (6 mil libras), os dois tinham plena consciência que nao tinham condições para adquiri-lo, a não ser que. . .

    Dai em diante, o Barco Cassandra Dream entra logo no inicio da trama como uma possibilidade de ostentação material para saciar uma vaidade superficial, e termina como única testemunha da tragédia não planejada!

    Imperdivel!!

    Boa semana pra vcs..

    Curtir

  13. Pingback: Vicky Cristina Barcelona « Cinema é a minha praia!

  14. Pingback: Menina de Ouro (Million Dollar Baby) « Cinema é a minha praia!

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s