O Amor nos Tempos do Cólera (Love in the Time of Cholera. 2007)

Eu não li o livro ao qual o filme foi baseado. Logo, vou me ater a história do filme. E qual seria ela?

É uma longa, longa… e longa história de amor… Que atravessou mais de meio século para então se consagrar. No início, dois jovens não puderam levar a frente o amor por imposição do pai da jovem. Pois ele queria um marido rico para a filha. O jovem em questão trabalhava nos Correios. Foi quando ao entregar um telegrama, que a viu.

Amor à primeira vista, da parte dele. Pois dela, fora mais por se sentir admirada. Como também, por ser a musa inspiradora das poesias dele. Pois a paixão percorrendo seu corpo, foi pelo médico tocando em seu corpo. O jovem até que tentou ser fiel em se manter casto, mas quando foi agarrado por uma misteriosa e voluptuosa mulher, também pode se deliciar com os prazeres da carne. E estando sua amada casada, decidiu que esperaria por ela, mas sem deixar de transar. Decidiu anotar cada uma das experiências. Algumas, totalmente descartáveis. Outras, ganharam versos nessa sua caderneta. E foram muitas, essas aventuras.

Quando então o seu primeiro amor fica viúva, e ele já sendo um homem rico, resolve reconquistá-la. Levou mais um tempo nisso. Até que ela por fim, cedeu. Deixando uma dúvida se para ele foi mesmo amor, ou a conquista/transa mais difícil que faltava no caderninho.

Sei que estou contando a trama central. Um baita spoiler. Poderia até dizer que é para poupa-lhes tempo indo assistir outro. Até é. Mas é também para mostrar que se o roteiro tivesse apenas se inspirado na obra de Gabriel Garcia Márquez, diminuindo o tempo de duração do filme essa história poderia ter sido contada bem melhor. Mas do jeito que está, o filme ficou sonolento. Eu cochilei várias, como tive que fazer força para ir até o final do filme. Isso porque na primeira vez que tentei ver, eu dormi direto.

Péssimo filme. Atuações medíocres. Não recomendo a ninguém.

Por: Valéria Miguez (LELLA).

O Amor nos Tempos do Cólera (Love in the Time of Cholera). 2007. EUA. Direção: Mike Newell. Elenco: Javier Bardem, Giovanna Mezzogiorno, Benjamin Bratt, Fernanda Montenegro, John Leguizamo, Hector Elizondo, Catalina Sandino Moreno. Gênero: Drama, Romance. Duração: 139 minutos. Baseado em livro de Gabriel Garcia Márquez.

Anúncios

13 comentários em “O Amor nos Tempos do Cólera (Love in the Time of Cholera. 2007)

  1. Nao é mesmo um bom filme.
    O filme é baseado no livro, e claramente nao conseguiram captar a complexidade dos personagens. Que é um milhao de vezes melhor que o filme. Achei os atores fraquissimos, e o personagem da Fernanda Montenegro nao foi muito explorado. Encurtaram a historia, onde todos tinham vários aspectos. No livro vc se apaixona e odeia tds os personagens por várias vezes. O que nao acontece no filme… Vc odeia o personagem do javier barden do inicio ao fim. Pela má caracterização, pela maneira com que nao ficou explicado mesmo a trajetoria de todos.
    Sem contar que, um filme baseado em um livro de um autor Colombiano, com atores latinos, falando um ingles péssimo.
    é de doer.

    Curtir

  2. Giovanna!

    Eu costumo não comparar livro com filme. Por serem duas mídias diferentes. E em se tratando de uma história desse autor, torna-se mais difícil. Dai que citei que deveriam ter ficado mais em cima de um tema, e fazerem uma outra história.

    No “O Caçador de Pipas” ficou como uma versão mais leve da que estava no livro. E não fez feio.

    E eu enviei um pvt pra ti 😉

    Beijão,

    Curtir

  3. Pingback: Filmes que Levam ao Sono… | Nossa Via: O conteúdo passa por aqui!

  4. Olá

    Visitei seu Blog, e gostei muito do seu texto. Quero convidá-la para participar com críticas de filmes do qual sou editor, o DVD Magazine (www.dvdmagazine.com.br). Estou querendo fazer novas parcerias e convidar novos colaboradores a fazerem parte do nosso time. O DVD Magazine tem cerca de 2,4 mil visitantes/dia, com 12 mil pageviews/dia e é parceiro do portal Vírgula. No momento, não é, por vários motivos, rentável, o mantenho com recursos próprios. Posso oferecer em “troca” links para o seu blog. Mas tenho vários projetos, dentre os quais, o lançamento de publicações impressas.

    Este é apenas um primeiro contato, podemos conversar mais, caso seja do seu interesse.

    Aguardo um sinal seu.

    Abraço,

    Edinho Pasquale

    Curtir

  5. Não achei o filme tão ruim assim…
    A maioria dos filmes são infeiriores aos livros!!!!
    E nesse caso o filme por ser mto vago me istigou a ler o livro..
    Achei valido…
    Meu namorado odiou..rsrsrsr

    valew.. xeru pra todos

    Curtir

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s