Ben X – A Fase Final (2007)

Um filme imperdível! Principalmente por abordar o Bullying. Mostrando o quão perverso são aqueles que praticam. O trote escolar também aflora certos desvios de conduta em certas pessoas, mas não sei se posso dizer que isso de ser executado num período curto seria um atenuante para não colocar no mesmo patamar do outro. Já que a prática do bullying perdura por todo o período letivo, e pior, por vezes por anos após anos. E foi o que aconteceu com o protagonista dessa história.

Quem seriam esses que sentem prazer em praticar tais atos?

Esse filme, “Ben X – A Fase Final“, é mais um a nos mostrar que a eles que praticam o bullying a punição é quase um passar a mão na cabeça do malfeitor. Nem para um tratamento psiquiátrico são conduzidos. Mesmo sendo figurinhas carimbadas na Diretoria do Colégio. Arre!

Agora, e quanto às vítimas?

À elas, além de sofrerem horrores nas mãos dos delinqüentes, muita das vezes ainda são discriminados pela sociedade, pelo grupo, ou mesmo pelos dirigentes das entidades onde sofrem as agressões. Nesse filme o Diretor diz que prepara os jovens para o mundo lá fora. Numa de que fazem vista grossa para os valentões. Seria numa alusão a cadeia alimentar da natureza? Onde só os fortes sobrevivem? Ou, o que é pior, de os usarem para ver se assim se vêem livres desses ‘diferentes’.

Ben (Greg Timmermans) cresceu passando por maus pedaços nas mãos dos colegas de classe. Por verem nele alguém diferente. Como se isso fosse crime. Seu problema fora diagnosticado de fato já quase nessa fase atual da história: Síndrome de Asperger. Um tipo de Autismo mais leve. Suas notas são altas. Mas além de travar uma luta de sobrevivência consigo próprio devido a sua doença, tem que tentar sobreviver as agressões dos colegas de classe. E desde os primeiros anos escolares.

Até então se deixava levar pelo mundo da virtualidade de um jogo, o AchLord. Era a sua válvula de escape. Ali ele era invencível, se sentia forte e integrado. Ou quase, já que preferiu jogar (online) com uma única pessoa. Ela era sua princesa, sua heroína, sua companheira, e porque não, sua única amiga, Scarlite (Laura Verlinden), mesmo que só no mundo virtual.

Mas se no jogo ele chegara na fase final, no mundo real ele atingira o seu limite.

Bem, minhas lágrimas jorraram no final. Assistam! Contar mais, embora fico tentada, tiraria a surpresa de toda essa história. E que é muito bem contada. Um filme perfeito em tudo. Além de uma trilha musical lindíssima! Nota máxima geral!

Por: Valéria Miguez (LELLA).

Ben X – A Fase Final. 2007. Bélgica. Direção e Roteiro: Nic Balthazar. Elenco: Greg Timmermans, Laura Verlinden, Marijke Pinoy, Pol Goossen. Gênero: Drama. Duração: 93 minutos.

Anúncios

7 comentários em “Ben X – A Fase Final (2007)

  1. Soundtrack of Ben X:

    01. Lonesome Zorro – Arno
    02. Include me out – dEUS
    03. Svefn-G-Englar – Sigur Ros
    04. Sister Waterfall – Liam Chan
    05. Bad company – Praga Khan
    06. I want you – Praga Khan
    07. The world goodbye – Praga Khan
    08. Temptation – Praga Khan
    09. Pittsburgh Angel – Praga Khan
    10. Isanity – Praga Khan
    11. Feed my hungry soul – Lords of Acid
    12. Glad I’m not God – Lords of Acid
    13. Scarlite theme – Praga Khan.

    Curtir

  2. Gostei das coisas que falou. Humpf. Eu fui vítima de bullying durante praticamente toda a minha vida escolar. Ainda sou, um pouco. Como você, também espero que um dia o bullying tenha fim. Também acho que seria bom passarem filmes desse tipo nas salas de aula, e também seria bom os educadores tentarem ajudar a solucionar esse grave problema. Alguns já estão fazendo isso, o que é muito bom.

    Curtir

  3. Oi Ismael,

    não sei se viu a reportagem no Jornal Hoje, de um jovem que veio a falecer por ter sofrido vários golpes na cabeça por colegas de classe; e o que piora mais, a selvageria foi em sala de aula.

    Eu espero que por lá, nessa escola, não deixem o assunto ser sepultado junto com o jovem. Que todos se mobilizem para que não ocorra mais. E que o grupo que atacou sejam punidos, bem como sejam encaminhados a Psicólogos.

    E também fico na torcida para que não passe mais por isso.

    Grata por participar!
    Beijo grande,

    Curtir

  4. Belo texto!

    E uma Curiosidade:
    Ben X, nome do personagem, se pronunciado rápido em holandês temos a palavra Benniks que significa, eu não sou nada.

    Parabéns pelo site! Voltarei mais vezes.

    Curtir

  5. olá Lella

    Obrigado por me informar sobre o filme como esse assunto está fervilhando aqui em casa vamos assistir com certeza ainda porque amo filmes com sensibilidade e que abordam temas que estão obscuros na sociedade.
    O fato é que esse nosso lado instistivo predatório expressado de várias formas precisa ser urgentemente compreendido não!!!
    Todos nós sofremos esses “bullying” s e mesmo depois de adultos.
    Nunca consegui me conformar com alguém que ri quando outro cai na rua, e outras coisas piores, ainda na adolescência fazemos isso de forma descarada pior pra mim é quando os adultos não intervem e não veêm a seriedade disso no psicologico de quem sofre.
    E ainda pior é ver “adultos” fazendo isso, usando de palavras maldosas ou esperando o melhor momento para dizer aquilo que sabe que vai doer no outro.
    Acho que o problema disso pode ser o fato de que não conseguimos nos identificar com o outro, não nos esforçamos para ver que esse outro faz parte de nós, como nós fazemos parte do todo.
    Ou afinal que parte !!! Se tudo é o todo.
    Parece muito complexo mais é bem simples, só precisamos fazer um pequeno esforço mais correto, para fazer essa integração daí quem sabe não fará mais sentido algum machucar o outro de nenhuma maneira. (Eu tenho que acreditar nisso)
    Eu observo diariamente a violência intriceca em nosso ser dificil controlar os instintos, já que são tão mais velhos que nossa mente pensante rsrsrs, mais já tá mais que na hora de olharmos cara a cara com essa violência e aprender a controla-la…tenho esperança de conseguir fazer isso ainda nessa vida em mim.
    Porque só olhamos para a violência que consideramos grande mais toda a violência gera mais violência.
    Não dá pra lutar contra isso mais dá pra compreender e controlar.
    Deixe eu me parar,,, senão vai longe….
    A natureza da mente né? pensar pensar e pensar hehehe…
    Obrigado..
    abçs Dani.

    Curtir

    • Oi Dani!

      Meu pc deu defeito ontem… Resolvi tentar, após um tempo, ele pegou. Dai corri para digitar um texto. Terminei de publicá-lo, caindo de sono. Caso o técnico não venha pegar hoje (vai formatar), eu volto aqui, logo mais.

      Beijo grande,

      Curtir

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s