Quatro Minutos (Vier Minuten. 2006)

Sou fera ferida, no corpo e na alma, e no coração.

Duas mulheres a quem o destino fora cruel, e naquilo que lhes tocava fundo: seus corações. Ambas reagiram de um jeito. Mas não se pode nem comparar essa reação porque as chagas foram em pontos diferentes. Numa, elas foram também fisicamente. Com a primeira estocada suas vidas tomaram rumos que nem sonharam. E esses dois corações feridos nos leva a acompanhá-los sem desgrudar os olhos.

Quem são elas? Como o caminho delas se cruzaram? E por que farão a diferença uma na vida da outra? Até porque há uma grande diferença de idade entre elas. E onde para ambas a vida até então fora apenas em ainda se manterem vivas, só não sabiam o porque.

Traude (Monica Bleibtreu), nos altos de seus 80 anos de idade, ainda persiste em dar aulas de piano numa penitenciária. Mesmo com as barreiras imposta pelo Diretor de lá. O porque, ela relata depois. De tipo físico franzino, ela é decidida. Chega a ser rigorosa no tocante a disciplina e respeito. E isso irá aquebrantar aos poucos a outra.

Jenny (Hannah Herzsprung), bem mais jovem, reage com violência a qualquer aproximação. Por conta disso seus dias na prisão tendem a aumentar. Ou não, já que a carceragem fecha os olhos para certos movimentos lá dentro. Chega a ser desumano.

Traude, pressionada pelo Diretor que quer ver o fim daquelas aulas, acaba conhecendo Jenny. E mais! Que ela tem um talento nato. Resolve então investir seu tempo, aliás o seu pouquíssimo tempo, para tentar mostrar o talento de Jenny num grande concurso. Mas não será tarefa fácil.

O filme é SEN-SA-CI-O-NAL!! A Jenny dá um show no piano! Assistam e confiram. Nota máxima em tudo!

Por: Valéria Miguez (LELLA).

Quatro Minutos (Vier Minuten). Alemanha. 2006. Direção e Roteiro: Chris Kraus. Elenco: Monica Bleibtreu, Hannah Herzsprung, Sven Pippig, Richy Müller, Stefan Kurt, Vadim Glowna. Gênero: Drama. Duração: 112 minutos.

Anúncios

19 comentários em “Quatro Minutos (Vier Minuten. 2006)

    • Prezado, acabo de ver um dos mais emocionantes filmes de minha vida (e olha que ja vi muito sobbre o tema- musica). Chorei de tao lindo e emocionante toda trama. É, na minha sensivel compreenssão, O FILME. Consegui numa locadora e gravei para meus arquivos particulares. Vejja na Macedonia, caso tenha em sua cidade. Onde mora? Eu sou do RJ.
      abç e espero que ja tenha conseguido ver o filme.

      Curtido por 1 pessoa

  1. Oi Leandro,

    É chato mesmo. Colocam tanta porcaria nos Circuitos, e deixam bons filmes exclusivos aos Festivais.

    Mas o Dvd já chegou ao Brasil. Por enquanto, o preço está bem salgado. Quem sabe logo, logo o preço diminui, e alguma Locadora perto dai, o compre. Diz para o dono que o filme é muito bom.

    E grata por participar do Blog!
    Volte mais vezes!

    Beijo grande,

    Curtir

  2. Boa noite a todos!
    Que filme!!!!!
    Gostaria de ajudar ao Carlos, pois, tenho um grande amigo que mora em Berlim e ele ficou de tentar obter alguma informaçao sobre a Sra. Gertrude.
    Sei que ela faleceu em 2004 e que grande parte do filme e’ baseado em sua vida.
    Um grande abç.
    Rose.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Carlos e Rosemary,

    Sobre quem é a Gertrude Kruger nos créditos:

    Sim, complementando um pouco mais do que a Rosemary citou. Ela foi a fonte de inspiração do roteirista e diretor Chris Kraus para compor a Traude.

    E esperemos pelo amigo da Rosemary para mais detalhes.

    Beijo grande, nos dois!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Boa noite a todos!
    Eu fiquei fa’ deste filme.
    Ja’ vi algumas vezes e adquiri a fita de DVD original e o CD.
    Estou aguardando informaçoes sobre a vida da Sra. Kruger atraves do meu amigo, em Berlim.
    Um abç a todos!!!
    Rosemary.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Acabo de ver e também me apaixonar pelo filme. Cheguei aqui no site procurando informações sobre Gertrude Kruger. Estou curioso e aguardo também notícias do amigo da Rosemary.

    O filme é realmente notável, sem o maniqueísmo tão comum em fitas americanas, nem final inverossímel, saída mais fácil que roteiristas e diretores encontram em estórias desse tipo. E além de tudo com uma trilha musical de primeiríssima.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Adorei o filme 🙂

    O filme foi o grande vencedor do 57º Prêmio do Cinema Alemão de 2007, superando o favorito Perfume – A História de Um Assassino, de Tom Tykwer.
    Quatro Minutos também venceu na categoria de melhor atriz, com Monica Bleibtreu, em seu aniversário de 63 anos, interpretando a Sra. Krüger, personagem de mais de 80. A produção do filme levou mais de oito anos para ser concluída, e ele foi exibido em 2006 no Festival do Rio.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Hoje dia 13-08-2011, ficou marcado pelo acaso, pois estava eu caminhando por entre as prateleiras de filmes de uma livraria e encontrei entre vários filmes em promoção este filme 4 minutos, nao sei o que me levou a compra-lo, mas jamais vou esquecer a emoção mais forte que ja tive ao ver um filme dessa tematica.
    O filme é simplesmente lindo!!

    Curtido por 1 pessoa

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s