GOMORRA (2008): A Máfia Italiana na Ativa

gomorraGomorra: A Máfia Italiana na Ativa

O top do IMDB (Internet Movie Database), principal catálogo de filmes disponível na internet, elege o grandioso “O Poderoso Chefão” como o segundo melhor filme de todos os tempos, segundo o próprio público. Ou seja, milhares de pessoas consideram a saga de Dom Corleone a mais brilhante entre qualquer outra coisa já realizada na sétima arte. Na história, baseada num livro de Mario Puzo, observamos a temida máfia italiana e a sua influência na sociedade: controle do comércio, da polícia, de figuras políticas importantes e mesmo astros de Hollywood. Tudo conduzido com muita elegância, num clima familiar, seguindo um código próprio e numa relação a qual todos saiam ganhando sempre.

mafiaComo exemplos reais, temos o caso do mafioso Al Capone, cuja lenda reza que, num período de lei seca onde ninguém podia comprar ou consumir bebida alcoólicas, diversas figurões, juízes e parlamentares frequentavam suas festas secretas e se embebedavam até cair. Mas tudo isto ficou no passado, a máfia italiana já não controla mais nada e não devemos temer a mais ninguém, não é mesmo? Errado! A máfia italiana está a todo o vapor, mais viva do que nunca, controla grandes fatias no tráfico internacional de drogas, é extremamente perigosa: seu nome? Camorra.

Um jornalista, Roberto Saviano, lançou um livro com diversos relatos acerca da organização, denunciando uma série de abusos e atrocidades. Este livro lhe rendeu alguns prêmios e logo um contrato para transformá-lo em filme. Assim surgiu o filme italiano Gomorra, onde graças ao sucesso que vem fazendo no mundo inteiro, obrigou o seu autor a fugir da Italia, visto que os chefões da mafia não estão gostando nada desta repercussão e resolveram mandar alguns recados contendo ameaças de morte.

O filme conta diversas histórias em paralelo de pessoas envolvidas com a organização criminosa: desde o processo seletivo de crianças que desejam ingressar na gangue até o assassinato de dois garotos que resolveram passar por cima do código de moral estipulados por eles. O mais interessante é que o filme desvela uma Italia diferente daquela que sempre ouvimos falar e que está presente em todos os cartões postais. Esta é uma Italia muito próxima as favelas brasileiras controladas por facções criminosas, inclusive no que diz respeito a qualidade de vida enfrentada pelas pessoas que convivem no dia-a-dia com estes criminosos.

Morte, dinheiro, drogas, corrupção, controle territorial, traição e um código próprio são os ingredientes que comandam o filme desde o início até o seu fim. Ao término sabemos que esta não é uma história qualquer, mas um filme-denúncia, que serve para nos alertar que por trás de um cenário tão belo está, novamente, o crime organizado. Sabemos que o crime organizado é influente e tem bastante força nos bastidores de todo um país.

italian_flagParabéns a coragem de todos os envolvidos, tanto na produção como na filmagem deste filme, afinal são todos italianos e obrigados a conviver no mesmo território destes marginais. Espero que todo o trabalho não tenha sido em vão e que está película sirva para que as autoridade e o mundo abram os olhos para o que acontece bem embaixo deles.

Por: Evandro Venancio.  Blog:  EvAnDrO vEnAnCiO.

GOMORRA. 2008. Itália. Direção: Matteo Garrone. Elenco: Toni Servillo, Gianfelice Imparato, Maria Nazionale, Salvatore Cantalupo, Gigio Morra, Salvatore Abruzzese, Ernesto Mahieux, Marco Macor, Ciro Petrone, Carmine Paternoster, Salvatore Ruocco. Gênero: Crime, Drama. Duração: 135 minutos. Baseado no livro de Roberto Saviano.

Anúncios

8 comentários em “GOMORRA (2008): A Máfia Italiana na Ativa

  1. Excelente filme. Seco e bruto, como a violência deve ser. Deveria ser mais divulgado, só que filmes crus e cruéis, mas sem glamour e heróis, não costumam agradar à mídia tupiniquim.
    Faz tempo que não assistia uma película que me impressiona-se tanto. Talvez Onde Os Fracos Não Tem Vez , Sangue Negro, Syriana, Babel, Crash e Tropa de Elite se pareçam um pouco com Gomorra, porém sem o impacto que ele causa, tanto estético quanto cultural.
    A Itália nunca mais será a mesma após este filme, ela foi desnudada, desmascarada.
    Um soco no estômago.

    Curtido por 1 pessoa

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s