Marley e Eu (Marley & Me. 2008)

marley-and-me

Assim como eu sugeri sobre o filme “O Caçador de Pipas“, quem ainda não leu o livro, veja o filme “Marley e Eu”, primeiro. Pois pode correr o risco de se desencantar como eu. Confesso que fui assistir, esperando muito mais. Mas já de início, uma decepção. Ele diz que nunca tiveram um cachorro na infância, nem ele, nem a sua esposa. E não sei se por conta dessa mudança, uma outra também me desagradou. A de que a sugestão de terem um cachorro, veio do amigo, e não da própria mulher. No livro esse trecho é tão cativante. Não entendi porque optaram por isso.

kathleen-turner-in-marley-and-me

Passando para os atores… Não sei se por conta da Jennifer Aniston, mas sentia falta do David Schwimmer, o Ross de “Friends”. Owen Wilson não deu química, nem com ela, nem com Marley. Com o cachorro então, parecia até que nunca teve um, ou que nunca gostou de fato de um. Pena! Um outro ator, teria feito muito melhor o personagem. Quem mais se identificou com o Marley foi quem fez o filho mais velho, Nathan Gamble. Esse tem futuro até para fazer uma série de tv, ou com o Marley, ou em remake da Lassie. A que fez a babá do Marley, também não me cativou. Klathleen Turner, que faz a instrutora de cachorros… Não sei se a convidaram por sua atuação em “Mamãe é de Morte”. Mas também foi fraco sua atuação. E confesso que na hora pensei no Damon Wayans, no filme “Pelotão em Apuros”, no que ele fez ao cão-guia de um dos internos. Alguém, nesse estilo teria sido mais engraçado. Afinal, mudaram trechos interessantes do livro.

Assim, quem leva o filme nas costas, é mesmo o Marley! Quem já teve, ou tem cachorro em casa, e mais, que os ama de verdade, em pelo menos algumas das artes, ou seduções do Marley, vai rir ou se emocionar com ele. Agora, quem detesta cachorros… terá um prato feito para continuar não gostando. Eu, que sempre gostei mais das raças caninas de porte médio para cima, me apaixonei por Marley! A ele, dou 10 com louvor. Ao filme como um todo, dou 7,5.

marley-eu-livro

Ah sim! Não deixem de ler o livro. Esse sim vale muito a pena ler!

“Os cães são o nosso elo com o paraíso. Eles não conhecem a maldade, a inveja ou o descontentamento. Sentar-se com um cão ao pé de uma colina numa linda tarde, é voltar ao Éden onde ficar sem fazer nada não era tédio, era paz.” (Milan Kundera)

Por: Valéria Miguez (LELLA).

Marley e Eu (Marley & Me). 2008. EUA. Direção: David Frankel. Elenco: Owen Wilson (John Grogan), Jennifer Aniston (Jennifer Grogan), Eric Dane (Sebastian), Kathleen Turner (Ms. Kornblut), Alan Arkin (Arnie Klein), Nathan Gamble (Patrick -Age 10), Haley Bennett (Lisa), Finley Jacobsen (Conor – Age 8), Lucy Merriam (Colleen – Age 5). Gênero: Comédia, Drama, Família, Romance. Duração: 123 minutos. Baseado no best-seller homônimo escrito por John Grogan.

Anúncios

4 comentários em “Marley e Eu (Marley & Me. 2008)

  1. Assisti ontem…Estava precisando ver algo bem bobinho para “limpar o cabeçote” depois de 2 semanas no Barrador acompanhando um parente…O fato de não ter lido o livro, nunca ter visto um bom desempenho de Jennifer Aniston e achar que depois de Os Excêntricos Tenenbaus, Owen Wilson não fez lá muita coisa legal, deveria ter me impedido de ver o filme.
    Mas tinha o cachorro. E um cachorro com cara de bobo! Então não teve jeito, eu entrei no cinema e assisti ao filme…
    De fato os cachorros que fizeram o Marley estavam ótimos como cachorros!!!
    Eu até gostei do roteiro, mas as palavras simplesmente não convenciam na boca de Jannifer Aniston, eu fiquei constrangida no escuro do cinema…Pior foi a cena em que o cachorro estava sendo sacrificado…A câmera deveria ter ficado o tempo todo no cachorro e na veterinária…Só mostrando Owen Wilson de costas pelo vidro da porta…Lamentável!!!
    Mas teve lá seus momentos engraçados (Como quando Marley se entusiasma e parte para querer “dar umazinha” com a perna da treinadora, uma Kathlen Turner irreconhecível no físico e no talento).
    Abraços

    Curtir

  2. Sempre o livro se sai melhor,realmente gostei muito do filme apesar de também sentir esta ‘ falta de comunicação ‘ entre o Marley e o dono,porém o filme é bom , principalmente para quem ama os animais assim como eu. Indico!

    Curtir

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s