Wall-E

wall-e-1

Assisti vários filmes nessa semana e o que se destacou em todos os aspectos foi Wall.E

Atualíssimos os temas que o filme aborda; gira em torno da questão ambiental e dos impactos provocados pela má educação do Homem e o mau uso de nosso Planeta.  O filme inicia-se mostrando uma hipótese bastante plausível que é a da devastação da vida na Terra em nome dos excessos de poluições e degradações ambientais.

O Homem deveria acordar todos os dias se perguntando se sempre existiu lixo em nosso Planeta. Obviamente que não. wall-e-3 Dado esse fato, não é natural sujarmos tanto. Esse excesso de sujeira é terminantemente cultural, vêm desde os nômades que produziam lixos e deixavam em cada local visitado por eles. Mas eram lixos orgânicos, de fácil decomposição. Hoje os excessos tecnológicos caminham indiretamente proporcional ao suporte Terrestre para tanta porcaria. O pior é que esse material é inorgânico, de dificílima decomposição. É preciso milhares, bilhares de bactérias para decompor uma garrafa de dois litros de coca-cola, por exemplo.

Portanto, a problemática ambiental vivenciada atualmente exige urgentemente mudanças de atitudes e hábitos em relação aos recursos naturais. Um dos grandes desafios atuais relaciona-se à questão, também, da água, por sua vez, cada dia mais escassa comprometendo, assim, desde o bem-estar até a sobrevivência dos seres vivos em nosso Planeta. O consumo desenfreado e a poluição das águas acarretam sérios problemas nos aspectos ambientais, sociais e culturais.

O filme também mostra mais uma hipótese possível para daqui a alguns anos robóticos: ao invés do Homem se conscientizar e perceber o quão destruidor é para assim, mudar seus hábitos diários e viver em um ambiente sadio, naturalmente próprio para a existência, o Homem simplesmente ignora os sinais da natureza, vira as costas, vai embora.

No filme, isso é posto quase de forma metafórica, em minha opinião. Pois a Terra se encontra completamente desabitada e sem chances de habitação; LOGO, por consequência lógica da mentalidade medíocre o que se espera? Que o Homem ao invés de cuidar de sua casa ALUGADA, ele rompe com o contrato e muda de imobiliária e de residência. E mais, põe defeito nos vazamentos, na encanação, nos vizinhos, sem se dar conta do próprio umbigo.

Em Wall-E tem um outro Planeta que comporta os seres humanos enquanto a Terra tá de mal a pior.

Nesse outro Planeta a vida é robótica. Seres humanos em suas cadeiras voadoras com os controles remotos do tipo click e obtenha o que deseja, vive em série (produção em série): gordos, ociosos, parasitas da própria vida.

Isso não está distante. Antigamente, pensar em Celular era uma coisa pro ano 3000. Hoje tem celular até com televisão. Não é “viagem” e muito menos “ficção científica” pensar em carros que voam, instrumentos que amenizem o poder da Gravidade na Terra etc.

Hoje já ocorre um sedentarismo enorme por causa dos excessos de CONTROLES remotos… não tão remotos assim, né?

As pessoas esquecem que tem pernas e braços, pois o Homem cria objetos perversos, como diria Marx, fingindo que é pra conforto. wall-e-4 O Homem acredita nesse conforto e passa a ter necessidade disso no dia-a-dia. Ou seja, HOJE celular não é mais um artigo de luxo, um acessório para playboys e patrecas. É necessário ter um telefone.

É necessário ter N coisas desnecessárias para a existência. E aquilo que é NECESSÁRIO para a existência, o Ser Humano não valoriza e não cuida.

wall-e-2

Bem mais fácil achar uma adolescente de 15 anos preocupada com seus materiais escolares: cadernos, fichários, lápis, borracha, lapiseiras, canetas, canetinhas; do que preocupada e interessada na árvore que tiveram que derrubar para fabricar tudo isso…

O fichário da moda é MUITO MAIS importante… claro! Alguém duvida disso? rsrsrs Assim como é bem mais fácil achar um adolescente em busca de uma revista Playboy do que em busca de ser voluntário em alguma instituição que preserva as plantas e espécies vegetais da Amazônia (lugar de fornecimento do papel que compõe a revista)…

Percebe o quanto os valores são invertidos?

São poucos os que lembram que água é um recurso não-renovável, mas são muitos os que deixam luzes acesas nos cômodos sem ninguém usufruindo do ambiente. O que uma coisa tem a ver com a outra? Só temos energia elétrica porque temos usinas HIDROelétricas… *pisc*

O filme mostra tudo isso de uma maneira leve, romântica, engraçada e bem sedutora.

Quem nos dera pensar que quando o caos total se instaurar as coisas serão bonitinhas como no filme… Mas a esperança, dizem, é a última que morre.

Bom filme! Eu indico!

-Deusa Circe-

Anúncios

4 comentários em “Wall-E

  1. Esse filme é apaixonante!
    Os robôs são mais humanos do que os próprios humanos.

    O porque disso deve ser pelo fato de que um tem “obrigação” de ser e o outro não.
    Qual que é o obrigado? 😉

    Beijooooooooooooos

    Curtir

  2. O filme é maravilhoso… eu amei (acho q peguei leve nessa,viciei nele).
    O legal é que os robos tem sentimentos, algo que só em imaginação poderiamos pensar. O Wall-e, a Eva, M-o entre outros….
    É um ótimo filme, romantico e ficticio *-*

    Curtir

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s