A Comilança (La Grande Bouffe. 1973)

a-comilancaQuatro amigos enjoados da vida decidem viajar juntos afim de passarem um final de semana servidos de comidas.

Esse filme não faz a menor diferença entre o verbo comer de se alimentar e comer de transar.

Já na mansão, os amigos contratam prostitutas e passam o tempo todo, literalmente, comendo.

A comida dá sabor à vida? Qual sabor ela tem?

a-comilanca_01O prazer de comer é imediato, seja a fome do estômago ou a fome de sexo, a obtenção de prazer e satisfação é intrínseca ao ato. Comer com a boca, com os olhos, com as genitálias… ser comido.

Devora-me ou te decifro!

E nesse tratado suicida de decidir ser “devorado” pela existência e pelo gozo da satisfação oral, os amigos comem, comem, comem, comem e comem… comem… comem…

Uma dica: Assistir a esse filme de estômago vazio é sacanagem da pior qualidade rsrsrs, mas também assisti-lo depois de comer muito… o enjôo é certo. Ao menos pra mim! Eles comem comida demais!!! Passam mal comendo, e continuam comendo… e comem… comem… comem…

Por: Deusa Circe.

A Comilança – La Grande Bouffe

Direção: Marco Ferreri

Gênero: Dizem que é Comédia.

França – Itália – 1973

Anúncios

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s