Legalmente Loiras (Legally Blondes. 2009)

legally-blondesNão me privo de também ver esse tipo de filme que traz as richas, picuinhas… dentro de um colégio. Até para ver se tendo bullying se os alunos serão punidos. Em ‘Legalmente Loiras‘ os próprios oprimidos trataram de dar uma lição aos opressores.

Antes… Se algum adulto for assistir junto aos filhos deixo-lhes uma reflexão: Se vale a pena colocar seus filhos num Colégio muito aquém da sua realidade financeira? Creio que os pais querem que seus filhos estudem em bons colégios. E as Bolsas de Estudos estão ai para dar essa chance. Mas há de saber se eles estão preparados para presenciarem, vivenciarem essa desigualdade social diariamente. Mais! Se estarão preparados aos que sentem prazer em se mostrarem superiores.

Ainda há mais um porém. Se eles irão acompanhar as notas altas dos demais. Cada criança tem um ritmo próprio. E isso não quer dizer que não esteja apto aos estudos. Mas há cobranças por parte de alguns professores. Alguns Diretores chegam a criar uma turma especial, as chamadas ‘jaulinhas’, onde só se mantém nelas os que alcançam notas altas. Como também, há as ironias de alguns aos que não conseguem tirar notas altas.

Enfim, o indicado é conversar com os filhos antes sobre frequentarem um colégio desse tipo.

O que não ocorreu nesse filme. O pai, um viúvo recente, por conta de um novo emprego – Professor numa Universidade nos Estados Unidos -, ganha duas Bolsas para as filhas estudarem num Colégio caríssimo.

Para um vislumbre maior das duas irmãs – Izzy e Annie -, eles vão morar na pequena mansão de uma prima. Em Los Angeles. Para as duas, recém chegadas da Inglaterra, tudo é quase um Conto de Fadas. Mas a realidade por lá, dentro do colégio, é a conta bancária dos pais que conta. Assim, ao descobrirem que são bolsitas, se veem diante de uma armação. A ponto de serem expulsas. As duas mais os outros oprimidos se unem. Para tentar reverter a situação.

O título do filme já parte de um preconceito: o de uma loira ser burra. O que já é mais um ponto para pais e pedagogos debaterem com os adolescentes. E é isso! Mesmo de um sessão pipoca como esse pode-se gerar um bom debate após o filme.

Por: Valéria Miguez (LELLA).

Legalmente Loiras (Legally Blondes). 2009. EUA. Direção: Savage Steve Holland. Elenco: Brittany Curran (Tiffany), Rebecca Rosso (Isabelle Woods), Camilla Rosso (Annabelle Woods), Bobby Campo (Chris), Chloe Bridges (Ashley), Kunal Sharma (Vivek), Chad Broskey (Justin Whitley), Teo Olivares (Rainbow), Trevor Duke (Nigel), Tanya Chisholm (Marcie), Caroline Fogarty (Ruth). Gênero: Comédia. Duração: 90 minutos.

Anúncios

Um comentário em “Legalmente Loiras (Legally Blondes. 2009)

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s