9 Canções (9 Songs. 2004)

9-cancoes_posterQuando me lembro da Lisa, não penso na sua roupa, nem no seu trabalho, nem de onde era, nem no que ela dizia. Penso no seu cheiro, no seu sabor. A sua pele a tocar na minha.” Matt.

Controverso, amado e odiado com gosto.
Experimental e ousado, provocante e explícito, do diretor inglês Michael Winterbottom, o filme é um jogo de sentimentos e interpretações mil acerca de sexo, relacionamento, vida e solidão. Como o próprio pôster entrega “69 (sim, foi intencional) minutos de sexo e rock’n roll”.

Matt (Kieran O’Brien) um geólogo inglês conhece Lisa (Margot Stilley) num show. Logo se envolvem e passam 1 ano juntos, fazendo sexo como se o mundo fosse acabar, conhecendo melhor um ao outro, jurando amores e sentindo que tudo pode acabar um dia.

Com naturalidade o casal central de atores desconhecidos, desempenha com monstruosa naturalidade e segurança seus personagens. O filme contém cenas de sexo reais e a desenvoltura deles dois nas cenas passa uma sensibilidade incrível e com a direção esperta (ponto alto do filme) consegue ser poético ao mesmo tempo. Esse não é o tipo de filme feito pra ver em casa com a família, mas sim algo mais pessoal (não entendam errado!), pois a carga emotiva do filme contrasta de maneira perfeita com a certa banalidade presente em algumas partes.

Bem experimental, o filme mesmo sendo simples alça vôos maiores e sem muita pretensão em ser grande. Roteiro simples e qualidade duvidosa deixam o filme meio documental meio ficção, tamanha a veracidade e coragem das cenas. A direção como disse acima é o maior mérito do filme. Michael Winterbottom não brinca em momento nenhum e nos leva a pensar e interpretar o que ele quer dizer em alguns momentos. A boa atuação do casal só atenua isso.

Impossível não sentir o coração se partir quando evitando despedidas prolongadas ela entra no táxi direto pro aeroporto, ou as frases fossa ditas ao longo do filme pelo Matt, como “eu estava no meio de 5 mil pessoas e ainda me sentia só”.

Abusando de ângulos bem corajosos, das partes dos nossos queridos atores, o diretor consegue criar momentos ímpares, que ouso até comparar com a “manteiguinha” de O Ultimo Tango em Paris ou as vendas de 9/2 Semanas de Amor, como a cena da massagem ou a da banheira. O mais interessante é que esse filme, mesmo contendo coisas bem pesadas, conseguiu convencer os velhacos da censura e foi exibido abertamente na Inglaterra e na França e foi o 1° do tipo a ter autorização na Irlanda.

Cercado de certa polêmica divide opiniões. Uns acham que é apenas sexo e mais nada, outros captaram as sutilezas do roteiro e entenderam a proposta do filme. Escondido nos diálogos, há coisas relacionadas a doenças, amor, aquele vazio que as pessoas sentem, tudo isso, tratado de maneira adulta e critica. Impossível negar que o filme foi corajoso em vários aspectos.

A trilha é outra beleza das grandes. Contendo apresentações ao vivo de bandas já consagradas como Franz Ferdinand e ainda com direito a palhinha de Michael Nyman, lembrado numa cena importante do filme. As músicas são um espetáculo a parte do filme. As cenas passadas nos shows são ágeis e não atrapalham em nada o filme.

Vale a pena uma espiada aos fãs de cinema mais alternativo. Certamente irão se agradar.

Nota: 8.0.

Por: Rafael Lopes. Blog Insones e Afins.

9 Canções (9 Songs). 2004. Reino Unido. Direção e Roteiro: Michael Winterbottom. Elenco: Kieran O’Brien (Matt), Margo Stilley (Lisa), +Cast. Gênero: Drama, Musical, Romance. Duração: 69 minutos.

Anúncios

Um comentário em “9 Canções (9 Songs. 2004)

  1. 9 Canções é apenas um filme pôrno, com músicas de bandas conhecidadas, muita cena de sexo e frases feitas, no melhor estilo chavão… tudo embalado com chupadas, lambidas, trepadas, gozadas… um filme pornô que tem sua maior audácia querer ser um filme pra ser exibido na sessão da tarde… e nem tem lá esses recursos todos propalados por uma boa parte da crítica… sobra cenas de sexo e falta imaginação…

    Curtir

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s