O Efeito da Fúria (Winged Creatures. 2008)

o-efeito-da-furia_posterJá disseram que para morrer só basta estar vivo. O que não estaria certo é alguém se sentir no direito de levar outras vidas junto por não estar gostando da sua. Fato esse que até nos levaria a um debate sobre o porte de arma, já que nem todos têm condições psicológicas em ter armas. Mas o filme não foca esse lance. Muito embora a tragédia parte disso. E o que ele aborda?

Um cara entra numa lanchonete e começa a atirar. Quatro pessoas sobrevivem a essa fúria assassina. Três saem ilesos: um casal de adolescentes e uma garçonete. O outro, um dos fregueses, mesmo baleado se salva. Fora esses, vai ficar abalado também um médico.

Com isso o filme mostra como cada um reagiu após essa tragédia. Por estarem vivos, e se o cara entrou disposto a matar todos o porque de terem sobrevivido. Em comum entre os quatro o não querer contar o que viram naquela hora. E o que aconteceu por lá? Ao longo do filme vamos sabendo. Assim como também acompanhando o comportamento dessas pessoas mais atingidas pela tragédia, como também de seus familiares.

Anne (Dakota Fanning) se apega a religião. Encontrando nela uma tábua de salvação. Mais do que ter sobrevivido, quer encontrar um porque do seu pai ter sido morto daquele jeito. Ela idolatrava seu pai.

Jimmy (Josh Hutcherson), emudece. Talvez por recear dizer algo. Mas o que ele viu? Mais. Por que Anne lhe pede tanto para não contar nada. Enquanto sua mãe fica preocupada com essa sua reação, seu pai (Jackie Earle Haley) tem outras. Para quem viu ‘Sicko – $O$ Saúde‘, poderá entendê-lo melhor.

Se eles ainda bem jovens comportaram-se assim, como seria a reação dos outros mais adultos?

Carla (Kate Beckinsale), jovem ainda, mãe solteira… Fica indignada ao ver um prospecto de um grupo pronto para ajudar os sobreviventes de tragédias como essa. Tal como Anne o vê como uma ave agourenta. No fundo é uma crítica a uma cultura armamentista. Grupos como esse fazem parte do show. Carla pira um pouco trazendo consequências ao seu bebê.

Charlie (Forest Whitaker) se sente um cara de sorte. Parte então para os Cassinos. Tal qual uma droga, depois da euforia, vem… Paralelo a essa sua fuga, a polícia o procura. Mas como sua filha (Jennifer Hudson) desconhece o seu paradeiro, aumenta a sua apreensão por conta do que fica sabendo pelo tira.

E o médico, como entrou nessa história? Por que teria agido daquele jeito? Casualmente, ao sair da lanchonete o Dr. Bruce (Guy Pearce) dá passagem para o matador. Depois, já no Hospital, se ressente por não ter salvo uma das pessoas baleadas. A partir dai, resolve brincar de Deus. Ou, de cientista louco.

Cada um reage de um jeito a essas pancadas do destino. Mesmo que achemos que nossas reações seriam diferentes, é preciso vivenciar para se ter certeza. Agora, com ajudas ou por si mesmo é gratificante em ver que a pessoa está de volta à vida, seguindo em frente.

Um bom filme! E que eu voltaria a rever.

Por: Valéria Miguez (LELLA).

O Efeito da Fúria (Winged Creatures). 2008. EUA. Direção: Rowan Woods. + Elenco. Gênero: Crime, Drama. Duração: 95 min.

Anúncios

4 comentários em “O Efeito da Fúria (Winged Creatures. 2008)

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s