A Vida Secreta das Abelhas (The Secret Life of Bees)

A Vida Secreta das AbelhasIr ao cinema é bom. Melhor ainda é ir ao filme. Ótimo quando se pode mesclar as duas coisas. A Vida Secreta das Abelhas é esse dois em um. Um filme recheado de conflitos em torno da trama sentimento de culpa. A personagem principal é a figura retórica Paradoxo ou Oxímoro na qual combinam palavras de sentimentos opostos que parecem excluírem-se mutuamente, mas que no contexto, reforçam uma expressão, exemplificando em o ilustre desconhecido ou uma arma em casa não combina com criança de quatro anos que mata por descuido dos adultos. Um crime delicado que marcará a vida de todos os envolvidos. A partir daí desencadeará um efeito dominó e a questão de “culpa de quem?”. Culpa, um sentimento que dificilmente se cicatriza.

É necessário a presença da natureza; é necessário o aparecimento de abelhas indicando o caminho das flores, dando vida e beleza a toda narrativa; dando sinais reveladores que possam abrandar tal sentimento. A força delas na vida do homem é que dá o sossego da alma e a paz interior.

A vida tem seus segredos, o universo também. Coisas que a ciência não é capaz em tempo algum descobrir. Coisas que deverá se aprender a conviver por não haver solução, ou quem sabe substituir por outra para essa amenizar ou anular.

E o equilíbrio aos poucos tomando forma. Como dizia uma propaganda De amargo já basta a vida. O equilíbrio está na doçura do mel. Deve-se desvendar os sinais que as abelhas te presenteiam, os segredos que elas também têm, dependendo da situação vivida terá sua interpretação adequada. A natureza é sábia; dá cor ao mundo, embeleza; colhe o néctar da vida; transforma em alimento para a alma em muitos sabores. Tudo muito bem equilibrado, pela simpatia e charme. O trabalho é árduo e infinito. O tempo de colher o néctar nunca cessará; termina um ciclo para outro recomeçar. Incansável porque é compartilhado. E compartilhar é tudo.

Trazer à tona o segredo abranda o sofrimento. Se não conseguir contar ou não quiser revelar ou não querer descobrir, quem sabe a solução seja escrever bilhetes e colocar no muro das lamentações que cada um possui dentro de si. Carregar o mundo nas costas sozinho, não tem graça…

As abelhas dizem que não se deve seguir o caminho do preconceito porque é burrice; a intolerância e o racismo além de crime, é egoísta; aposse-se do direito de ir e vir, sem desrespeitar o liberdade do outro.

Acaso se lembra da última vez que chorou? Qual é mesmo o sabor da lágrima? Engana-se quem diz que é salgada. Às vezes ela tem um gosto amargo. E há quanto tempo não a deixa cair?

A pergunta simplesmente é pelo fato de ao assistir a este instigante filme, certamente vai precisar de um lenço pelas situações emotivas e sinceras. As lembranças… sempre elas… belas ou não dificilmente pode-se descartar. Segredos todos têm. Mistérios da vida que a própria razão desconhece.

O segredo das coisas da amizade… os sonhos de cada um… transformar o querer em poder sem sentimento de culpa.

Autora: Karenina Rostov

Fonte: Filme assistido.

Sinopse: Em 1964, Lily, uma menina de 14 anos, viaja para uma cidade atrás de um antigo segredo de sua falecida mãe.
A Vida Secreta das Abelhas (The Secret Life of Bees, 2008), 110 min.Direção: Gina Prince-BythewoodRoteiro: Gina Prince-Bythewood (roteiro), Sue Monk Kidd (livro)Com: Dakota Fanning, Paul Bettany, Hilarie Burton, Queen Latifah, Jennifer Hudson, Alicia Keys, Tristan Wilds, Nate Parker, Sophie Okonedo, Shondrella Avery, Addy Miller, Joe Chrest, Emily Alyn Lind, Taylor Kowalski
Nerdshop:• Livro A Vida Secreta das Abelhas, de Sue Monk Kidd (Ediouro).

Por: Karenina Rostov. Blog: Letras Revisitadas.

Anúncios

4 comentários em “A Vida Secreta das Abelhas (The Secret Life of Bees)

  1. Este filme nos possibilita refletir como a vida se organiza e como os sentimentos são encobertos, mas também revelados.
    Assim como as abelhas, as mulheres no filme estabelecem uma organização de vida e o envolvimento em cada momento compartilhado.
    Fantástico filme!.
    Recomendo à todos verem e refletirem sobre a experiência do compartilhar a vida.

    Curtir

  2. É REAMENTE UM FILME LINDO FALA SOBRE A SEGREGAÇÃO RACIAL TEM UMA BELA HISTORIA E RECHEADO DE MUITAS EMOÇÕES LINDO O FILE RECOMEWNDO A TODOS ass ren]~e

    Curtir

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s