Bravura Indômita (2010). Eis que nasce uma estrela…

Cheguei a cogitar por esse subtítulo enquanto assistia “Bravura Indômita“: Estórias para boi dormir. Mas eis que nele nasce uma estrela…

Sei que estou remando contra a maré. Um filme tão aclamado, mas que para mim ficou um tédio na primeira metade do filme. Essa nova versão de “Bravura Indômita” pelos Irmãos Coen se fosse para um Livro teria sido perfeita. Mas como filme, só com uns 20 minutos a menos. Ai sim eu concordaria com os demais: críticos e público. Não vi, ou não me lembro de ter visto o original de 1969, com John Wayne. Dai nem posso comparar os dois. Até porque eu nem gosto de fazer isso. Cada Diretor, e Roteirista, segue por caminhos diferentes, mesmo se baseando numa estória única. Fui olhar no IMDb e o original é mais longo. Sinal que enxugaram o filme. Eu que amava esse Gênero – Western -, ainda não me empolguei tanto com os recentes.

Mas será que no original o personagem Rooster Cogburn também alugava os ouvidos da personagem Mattie Ross com suas estórias nada empolgantes? E olha que ela nem suspirava um: Fala, que eu te escuto. Para um Agente à caça de bandidos, ele falava demais nas tocaias.

Bravura Indômita teve um bom início. Uma menininha que veio fazer a diferença. Mattie, a personagem de Hailee Steinfeld. Que a princípio me fez pensar numa certa semelhança com a Vandinha, da Famíla Addams: trancinhas e vestido fechado… Detalhes para uma caracterização do personagem. Desde o início do filme, sua Mattie promete. Até em achar que de nerd passaria para uma Calamity Jane. Hailee quase que carrega o filme todo nas costas. Só não o fez talvez por se sentir intimidada com os demais atores, ou quem sabe por não querer fazer frente aos Irmãos Coen. O que me levou a pensar se com uma outra direção teriam soltado as rédeas dessa pequena grande atriz. Nasceu uma estrela! Vida longa a sua carreira, Hailee Steinfeld!

O filme só voltou a esquentar, quando enfim apareceu o assassino de seu pai: Tom Chaney (Josh Brolin). Esquentou em Ação, mas esfriou em estória. Porque dai em diante era um querer resolver todas as estórias paralelas e foi uma correria só. O personagem do Brolin foi mal aproveitado. Gastaram muito tempo contando as aventuras de Cogburn. Ok! Eu até concordo que a estória desse Filme gira em torno desse personagem. Mas trazendo uma personagem bem jovem – 14 anos de idade -, e muito inteligente, para contracenar com ele, para mim o filme renderia mais não deixando-a apenas de ouvinte. E sim interagindo com ele num aprendizado de caçar um bandido. Ai sim, os vôos seriam inesquecíveis.

Jeff Bridges encarnou muito bem um cara do Velho Oeste. Seu Rooster Cogburn estava bem caracterizado. Assim como Matt Damom com o seu quase empertigado caçador de recompensas LaBouef. Acontece que não deu química entre eles. Sendo salvos pela presença sutil e firma de Hailee. Com discrição e elegância ela foi a ponte entre eles.

Para encerrar, a Trilha Sonora também não me empolgou. Ficou muito distantes da dos Westerns de antigamente.

Nota: 8,5.

Por: Valéria Miguez (LELLA).

Anúncios

3 comentários em “Bravura Indômita (2010). Eis que nasce uma estrela…

  1. Acabo de ler o seu texto, LELLA!, E por que vc iria levar um chumbo?? LOL

    Bem, acho que vc leu o meu texto sobre esse filme. Nao acredito que esse filme concorre ao Oscar em 10 categorias- mesmo sendo, uma bonita producao, mas acho que apenas Bridges e a fotografia de Dickens fezam por merecer. Bridges esta SUPER bem, mas nao acreditava que ele fosse ser indicado porque Ryan Gosling tbem merecia estar na lista, mas…. essa Hailee, boa atriz? Indicado ao Oscar por coadjuvante, sendo a mesma atriz principal!!!? Wow, fico ateh triste com as regras da academia….mas tudo bem, gosto eh gosto….e respeito!
    Gostei bastante da sua leitura, a qual eh bem melhor do que o filme dos Coens:)

    Curtir

  2. Pingback: Mesmo se Nada Der Certo (Begin Again. 2013) | Cinema é a minha praia!

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s