Meu Primeiro Casamento (Mi Primera Boda. 2011)

O filme vem para mostrar que mentir é muito complicado. Que dá muito trabalho para manter essa mentira. Que terá que contar com ajuda de terceiros para mantê-la. E por ai vai. Mas pelo menos na ficção, se não fosse assim não haveria esse filme. Bem, esse filme em particular começou por omitir um fato. Depois que vieram uma chuva de mentiras. Agora, quando no filme é mostrado o motivo da mentira, de pronto me veio uma pergunta: se teria enredo bastante para sustentar uma Comédia em pouco mais de uma hora e meia. Eu digo que sim! A trama prende a atenção até o final.

Em “Meu Primeiro Casamento” temos o noivo contando o que aconteceu nesse dia. Em flashback vamos conhecendo o drama que viveu, que seria trágico se não fosse cômico. Ele é Adrian. Outra excelente atuação de Daniel Hendler; onde uma outra foi em “As Leis de Família“. Adrian é o típico cara com o dilema em querer fazer tudo certo. Porque normalmente, não consegue. A cobrança em si mesmo vem por querer mostrar que é o marido perfeito para principalmente a família da noiva. De tabela, para mostrar para os próprios pais que ele agora amadureceu. Mas também por achar que a noiva é “muita areia para o seu caminhão”.

Assim, no afã de fazer tudo certo, para um cara como Adrian é batata: algo vai dar muito errado. E deu! A poucas horas do início da cerimônia. Bem, o título do filme já entrega que houve o casamento. O que mostra que se a noiva o escolheu, no mínimo estaria querendo uma vida diferente. Sem cair no marasmo de uma rotina certinha demais. Mas após ter preparado por meses um cerimonial “dos sonhos” para esse dia tão importante, e ter passado o que passou, ela, Leonora (Natalia Oreiro), teria mesmo saúde para um dia-a-dia com Adrian? Bem, essa parte ela volta a pensar nela na cena entre os créditos finais. Porque até lá, ela também será tragada pelo turbilhão Adrian e seus amigos! Amigos esses, que também são um show à parte.

Com toda a extrapolação de Adrian, ganhamos nós o prazer em ver mais uma ótima comédia. É o Cinema Argentino ainda em alta. Great! Uma história simples, mas muito bem contada. Onde nas cenas com o Padre e o Rabino teria espaço para uma crítica mais apimentada. Mas enfim, preferiram algo mais light.

Então é isso! Um ótimo filme para casados e solteiros curtirem o dia do casamento sem sentirem o estresse próprio. Afinal, quem está se casando são outras pessoas.
Nota 8,5.

Por: Valéria Miguez (LELLA).

Meu Primeiro Casamento (Mi Primera Boda. 2011). Argentina.
Direção: Ariel Winograd.
IMDb: Mi Primera Boda .

Anúncios

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s