O Tempo e o Vento (2013)

o-tempo-e-o-vento_2013Jayme Monjardim já provou que o cinema definitivamente NÃO é a sua praia quando alguns anos atrás, quase destruiu o livro de Fernando Morais, transformando sua instigante obra “Olga” num filme insosso e pálido apesar da grandiloquência.

Afeito a superproduções, Monjardim arrisca-se novamente ao adaptar a série literária de Érico Veríssimo e transforma “O Tempo e o Vento” numa espécie de seriado televisivo de gosto duvidoso, cheio de closes intermináveis (ainda que alguns bem vindos, como o de Thiago Lacerda e sua bela estampa) e situações incompatíveis com um verdadeiro épico da tela grande.

A saga regional do início do século XX, originalmente repleta de paixão e guerras no sul do Brasil não consegue deslanchar em momento algum, especialmente no início modorrento.

Atrelado a um ritmo comprometido e irregular, a estória se perde num roteiro canhestro cheio de falas risíveis e de pouca densidade. Tudo se prejudica com os sotaques inconvincentes de parte do elenco obviamente mal preparado para pronúncias e línguas. Mesmo Thiago Lacerda, que defende bem o seu personagem do Capitão Rodrigo, protagoniza cenas embaraçosas com sua entonação forçada, prejudicando a sua boa composição. A situação toda é agravada com produção, figurinos, maquiagem e fotografia algo descuidados e ordinários para um trabalho deste porte.

Por sorte, temos Fernanda Montenegro no elenco, emprestando dignidade e talento indiscutíveis ao seu personagem Bibiana Terra, em todas as cenas em que aparece, salvando o filme da mais completa mediocridade.

Por Carlos Henry.

O Tempo e o Vento. 2013. Brasil. Direção: Jayme Monjardim. Gênero: Drama, Épico, Ficção Histórica, Guerra, Romance. Elenco: Thiago Lacerda (Capitão Rodrigo Cambará), Cléo Pires (Ana Terra (jovem)), Suzana Pires (Ana Terra (adulta)), Fernanda Montenegro (Bibiana (idosa)), Marjorie Estiano (Bibiana (jovem)), Janaína Kremer (Bibiana (adulta)), Luiz Carlos Vasconcelos (Maneco), César Troncoso (Padre Alonzo), José de Abreu (Ricardo Amaral), Paulo Goulart (Ricardo Amaral Neto), Leonardo Medeiros (Bento Neto), Vanessa Lóes (Maria Valéria), Mayana Moura (Luzia), Igor Rickli (Bolívar), Matheus Costa (Pedro Missioneiro (jovem)). Duração: minutos. Baseado na trilogia homônima de Erico Verissimo.

Anúncios

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s