Tese Sobre um Homicídio (Tesis Sobre un Homicidio, 2013)

tese-sobre-um-homicidio_2013tese-sobre-um-homicidio_01Por: Eduardo Carvalho.

Roberto Bermudez (Ricardo Darín), ex-advogado, agora professor de direito penal, leva uma bem sucedida carreira como autor de livros de Direito e seus cursos de pós-graduação. Gonzalo (Alberto Ammann), um de seus novos alunos, é filho de um antigo amigo e trata-o como verdadeiro ídolo, e surge com uma inusitada tese sobre criminalidade: a Justiça preocupasse apenas em investigar casos que ameacem os detentores do poder. A insistência do rapaz em tal ideia passaria desapercebida, até que uma mulher aparece morta no estacionamento da faculdade de direito. Um detalhe faz com que Bermudez ligue Gonzalo ao assassinato, e ele se vê desafiado a solucionar o crime, provando a culpa de seu aluno.

Com a razão comprometida pela obsessão – no passado, Bermúdez havia acusado outra pessoa injustamente em um crime –, o professor vai se aprofundando na investigação, a ponto de envolver Laura (Calu Rivero), irmã da vítima, no caso, e colocá-la em provável perigo junto a Gonzalo. O diretor Hernán Goldfried vai habilmente conduzindo o espectador pela trama de “Tese sobre um Homicídio”, enquanto questiona a própria convicção de Bermúdez quanto ao suposto autor do crime, cada vez mais imerso em suas (in) certezas. Pois mesmo o provável assassino envereda por um caminho ambíguo, revelando pequenos elementos de suas ideias ao seu mestre, e que poderiam apontar ao crime cometido por Gonzalo. Mas tudo parece ocorrer na visão incerta do protagonista.

tese-sobre-um-homicidio_02O carisma de Ricardo Darín é certo. O ritmo do filme se mantém ao longo da projeção. A tensão intelectual entre professor e discípulo é complementada pelo elemento sexual, tendo uma frágil e sensual Laura como terceiro vértice do triângulo. A câmera é responsável por ótimas cenas – a sequência no museu por entre a instalação de vidros coloridos é uma delas –, e ótimos diálogos surgem aqui e ali, como o primeiro encontro entre Roberto e Laura na delegacia: ao dizer que fora advogado, logo emenda, com o devido cinismo, um “Mas não se preocupe, não exerço mais”. Apesar de tantos elementos favoráveis à película, estamos diante de uma estória com um ponto de partida, no mínimo, questionável. O que leva um professor, ainda que ex-causídico, a empreender um trabalho de detetive? Uma vez que a atuação do advogado normalmente se dá dentro de um escritório, na maior parte por meio do trabalho escrito – petições, teses de defesa, habeas corpus -, é por seus motivos pessoais que Roberto age, e são estes que estão no centro da discussão. Tais motivos lançam Bermúdez neste desafio – nunca proposto claramente por Gonzalo, diga-se de passagem –, e, em última instância, são eles que tornam o filme possível de ser levado adiante.

tese-sobre-um-homicidio_03Ao adaptar o livro homônimo de Diego Paszkowski, o diretor poderia ter optado por atualizar o embate intelectual de “Festim Diabólico” (1948), clássico de Hitchcock, onde o jogo de gato e rato ocorre num único ambiente. Ou, ainda, ter levado adiante a tese central de Gonzalo acerca da relação entre crime e poder, tema explorado com maestria por Elio Petri em “Investigação sobre Um Cidadão Acima de Qualquer Suspeita” (1970).  Ao invés disso, Goldfried escolhe um caminho mais palatável, misturando um certo tempero noir a um modelo retirado dos seriados americanos de investigação criminal. Embora possa não ser claramente notado durante a exibição do filme – e que, ainda assim, não compromete as qualidades da obra –, seu tom quase didático mostra que “Tese Sobre um Homicídio” tem um inequívoco apelo comercial, feito para entreter, bem próximo dos moldes do cinema de massa. Apenas assim pode-se crer em um professor que sai da sala de aula – tal qual um certo professor de arqueologia, munido de chapéu e chicote – para realizar, em campo, um trabalho que ensina na teoria.

Tese sobre um Homicídio (Tesis Sobre Un Homicidio. 2013). Argentina. Direção: Hernán Goldfrid. Roteiro: Patricio Vega. Elenco: Ricardo Darín, Alberto Ammann, Antonio Ugo, Arturo Puig, Calu Rivero. Gênero: Suspense, Thriller. Duração: 106 minutos.

Anúncios

Seu comentário é importante para nós! Participe! Ele nos inspiram, também!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s