Como Arrasar um Coração (L’arnacoeur / Heartbreaker). 2010

Ao término do filme fiquei me perguntando porque esse filme não me agradou. Teria sido porque ficou Hollywood demais? Por terem alongado muito para mostrarem mais Mônaco? Tudo lá é muito lindo, mas todo esse cenário acabou deixando o filme cansativo. Como também o que poderia não ter feito a estória decolar fora a falta de química entre os dois protagonistas? Sendo que uma francesinha do início, Florence, é que poderia ter ficado com o papel principal. Enfim, a soma de tudo me leva a dizer que não vale o ingresso.

Uma pena! Porque dois motivos me fizeram ver o filme: Cinema Francês e o ator Romain Duris. O seu Alex até que esteve muito bem. Mas não conseguiu levar o filme sozinho. Seu personagem deu mais química com o cunhado, Marc (François Damiens), do que com Juliette (Vanessa Paradis). Muito sem graça, essa atriz. Ou o Diretor não soube mostrar que ela tem talento.

A temática principal não é original. Pois podemos lembrar da Dama e o Vagabundo, da Princesa e o Plebeu. Nem por ser previsível o final não seria um motivo para não ter me encantado. Da maneira como a estória foi contada, ela se perdeu  nas ruas de Mônaco. Falha da Direção? Do Roteiro? O mote viria com um ar de renovação a essa comédia romântica: uma agência de matrimônio às avessas.

Alex, sua irmã Mélanie (Julie Ferrier), e Marc, são contratados para desmanchar um relacionamento amoroso. Na totalidade, são parentes chegados a mulher, que os contratam. Além de só aceitarem que o trabalho seja para atuarem com a mulher, Alex impõe que se ela realmente esteja infeliz na relação. Acontece que com uma grande dívida pendendo sobre a sua cabeça, ele acaba aceitando o serviço de separar Juliette de seu noivo, Jonathan (Andrew Lincoln). Mesmo ciente que ela está super feliz com o futuro casamento. Com poucos dias para o enlace, Alex tem pouco tempo.

Então é isso! Um filme mediano. Com prós e contras. É pesar, e ver se quer ir ver “Como Arrasar um Coração“. Onde o Roteiro tem furos. O Turismo por Mônaco não teve muita razão de ser. A Trilha Sonora é linda! Romain Duris ainda continua me motivando a vê-lo atuando. Ainda mais com a cena onde dança como a final do filme “Dirty Dance”, com a música: Time of my life.

Por: Valéria Miguez (LELLA).

Como Arrasar um Coração (L’arnacoeur / Heartbreaker). 2010. França / Mônaco. Direção: Pascal Chaumeil. Elenco: Romain Duris (Alex Lippi), Vanessa Paradis (Juliette Van Der Becq), Julie Ferrier (Mélanie), François Damiens (Marc), Héléna Noguerra (Sophie), Andrew Lincoln (Jonathan Alcott), Jacques Frantz (Van Der Becq), Amandine Dewasmes (Florence). Gênero: Comédia / Romance. Duração: 105 minutos.