Lisbela e o Prisioneiro (2003)

Não sei bem como falar, tem pouquíssimo tempo que escrevo sobre filmes e em um caderno que ninguém lê… rs
Enfim, vou tentar.

É aquela história conhecida do malandro conquistador e a mocinha noiva.

Acabei de assistir e continuo com o sorriso bobo no rosto. Deve ser pelo final feliz de filme que termina com beijo apaixonado depois de tanta vontade de ficar junto. Mas Lisbela e o Prisioneiro me encanta e não sei bem o porque. Aplaudo as cores, a atuação, o roteiro, a trilha sonora e o jeito como me leva. Intercala o sentimento e a história de Lisbela com o filme que ela vê. E talvez seja isso que dê a esperança de acreditar, “o amor é filme“.

Em suma… Lisbela e o Prisioneiro derruba a máxima – muito em volga nos dias de hoje – de que um produto popular tem de ser necessariamente ruim.” ( Roberto Guerra).

Por: Isabela Herig.

Lisbela e o Prisioneiro. 2003. Brasil. Direção e Roteiro: Guel Arraes. Elenco: Débora Falabella, Selton Mello, Virginia Cavendish, Marco Nanini, André Mattos, Bruno Garcia, Tadeu Mello, Lívia Falcão, Paula Lavigne, Aramis Trindade. Gênero: Comédia, Romance. Duração: 110 minutos.

Anúncios