Curtindo a Vida Adoidado (Ferris Bueller’s Day Off. 1986)

ferris-buellers-day-off_1986Por Francisco Bandeira.
Ferris Bueler (Matthew Broderick) virou um ícone dos filmes adolescentes por inúmeros motivos: carisma, estilo, por nos tornar seus confidentes, por ser descolado, por namorar uma garota linda, por passar por cima das regras da escola, dos diretores malvados, por irritar sua irmã chata (Jennifer Grey), por conseguir curtir a vida ao lado das pessoas nas quais ele considera especiais, por fazer tudo isso e ainda conseguir despertar o lado mais doce dos seus pais e, não menos importante, por mostrar o verdadeiro significado de LIBERDADE.

Esse sentimento fica estampado a cada singela cena do filme ‘Curtindo a Vida Adoidado‘. Na cantoria do banho, em fingir uma gripe para receber o carinho dos pais, em suas armações para cima do Sr. Rooney (Jeffrey Jones, impagável), seja por querer que seu amigo (Alan Ruck) deixe aquela zona de medo dos seus pais, seja por querer tornar seu dia ao lado da namorada especial, por contagiar a todos com sua vibração e aproveitar tudo ao máximo enquanto há tempo. E a cena do desfile, ao som de Beatles, só reitera esse sentimento.

Curtindo a Vida Adoidado (Ferris Bueller’s Day Off. 1986). Detalhes Técnicos: na página do IMDb.

Anúncios

Curtindo a Vida Adoidado (Ferris Bueller’s Day Off. 1986)

ferris-buellers-day-off_1986Fazer a Vida valer a pena!

São tantas as exigências em cima do indivíduo que o tempo entre estudar e trabalhar é basicamente a maior parte da vida. Onde ficam as diversões, em que tempo? Ferris, o maravilhoso Bueller (Matthew Broderick), decide perder um dia de aula e ganhar muita diversão e experiência de vida. Quem já não quis e já matou aula para viver aventuras diversas que atire a primeira pedra!

Não vive sozinho, então, com ele, participam seu melhor amigo (Alan Ruck) e sua namorada (Mia Sara). Não há personagem favorito mesmo com o populismo inegável de Ferris, todos são maravilhosos! Na entrada de férias escolares, nada melhor do que rememorar esse filme, e pra não fugir à regra, é possível que a Rede Globo também tenha esse mesmo pensamento para Sessão da Tarde. Um dos raros pensamentos legais da Rede Globo… diga-se de passagem.

O filme é legal por completo! Qual melhor cena?

ferris-buellers-day-off_1986_01A cena em que o Cameron finge ser o pai da Sloane e descasca o Rooney? a cena em que Bueller liga na escola e diz que precisa transplantar o rim, daí começa a fazer uns barulhos de tuberculoso no teclado? a cena em que Ferris toma banho criticando todos os “ismos” possíveis porque “os ismos não são bons”? Ver uma Ferrari em queda livre daquela altura realmente não tem preço. A cara de perplexo do Cameron é melhor ainda… O professor fazendo a chamada: “Bueller Bueller Bueller….”  e uma aluna babando em cima da mesa? Como dizer qual a melhor? A da parada ou a do Rooney entrando no ônibus escolar totalmente muquiado pelo cachorro do Ferris? rs Ah! Eu também gostaria de andar numa ferrari ao som da música de Star Wars… rs

Esse filme pode reprisar 700 mil vezes, estando em casa, assisto novamente com certeza! Adoro!

Aqui não estou incentivando ninguém a matar aula, embora pense que qualquer adolescente precise dessa experiência com os amigos, paquerinhas, mas incentivo a verem esse filme por ter mensagens legais nele:

1. a união dos irmãos no final: Ferris e sua irmã;
2. a amizade: Ferris e Cameron (impagável!!!)
3. a relação com a matéria versus valores que não tem preço…

e o principal, a mensagem de que todos nós devemos viver nossas vidas à exaustão, até o último segundo, fazendo dela algo que realmente valha a pena de ser relembrado, rememorado, revisto 700 vezes possíveis com um largo sorriso na boca tentando escolher, em vão, a melhor cena.

Por: Vampira Olímpia.

Curtindo a Vida Adoidado – Ferris Bueller’s Day Off

Direção: John Hughes

Gênero: Comédia

EUA – 1986